Entretenimento

Rio de Janeiro escolhe sua nova Corte de rei e rainha do Carnaval 2015

Fabíola Ortiz

Do UOL, no Rio

15/11/2014 05h02

Uma noite de muito brilho e glamour na Cidade do Samba para eleger a nova Corte Real do Carnaval carioca de 2015. O atual Rei Momo, Wilson Dias da Costa Neto, foi reeleito nesta sexta-feira (14) para seu segundo mandato e a musa do bloco Cacique de Ramos, Clara Cristina Paixão de Oliveira, foi eleita a nova Rainha.

É tradição no Rio de Janeiro anualmente, no mês de novembro, eleger a nova Corte Real formada por rei, rainha e duas princesas que representarão a folia no Carnaval do ano seguinte. Desta vez a disputa foi acirrada, admitiu a porta-bandeira da Mocidade Independente de Padre Miguel, Lucinha Nobre, uma dos 10 integrantes que conformaram a comissão julgadora.

“Foi difícil [escolher]. Esse foi um ano em que a Corte estava tão forte e as meninas estavam superbonitas. Foi bem disputado. As meninas são sambistas de verdade que curtem Carnaval e participam do seu dia a dia”, disse Nobre ao UOL.

Além dela, fizeram parte dos jurados a porta-bandeira Selminha Sorriso da Beija-Flor, o carnavalesco Milton Cunha e representantes da imprensa como Sidney Rezende e Mariana Gross da TV Globo.

“A coroa de rainha pesa mais”, diz a princesa que virou rainha.

Filha de pai compositor e mãe passista, a dançarina Clara de Oliveira, de 31 anos, já integrou a Corte em 2013 quando foi eleita 2ª princesa, depois em 2014 em que esteve como 1ª princesa e, agora para 2015, foi coroada rainha.

“A coroa de rainha pesa mais”, admitiu a musa do tradicional bloco Cacique de Ramos ao tentar ainda se acostumar com o novo adereço no cabelo. “Em termos de trabalho, é dedicação integral, você abdica da família, dos filhos, amigos, vizinhos, dos afazeres, de tudo. São 24 horas vivendo e respirando o Carnaval carioca. Tem que amar muito”, contou Clara à reportagem instantes após desfilar ao lado do novo rei e das recém-eleitas princesas.

Zulmair Rocha/UOL
Clara se emociona ao tornar-se Rainha do Carnaval 2015 Imagem: Zulmair Rocha/UOL
Clara, de 31 anos, que é casada e mãe de uma filha de 10 anos, já está acostumada com a correria, a disciplina e a agenda lotada de apresentações. Afinal, a rainha, o rei e as princesas têm presença confirmada nos ensaios das escolas de samba nas quadras, além de estar nos ensaios técnicos no Sambódromo e abrir a folia em blocos, coretos e bailes de Carnaval.

Para a musa de 1,68m do Cacique de Ramos, que já está há dois anos na Corte, nada disso é novidade, mas agora ela admite que a coroa de rainha dá “mais responsabilidade”.

“Eu acredito ter feito um bom trabalho nos últimos anos e vim agora buscar o reinado. Eu era doida para ficar agarradinha com esse gordinho”, brincou Clara que já conhece o rei que foi reeleito para mais um mandato.

O amor ao samba, para ela, é o mais importante. “Se você não ama o que faz, não vai conseguir aguentar a batida do cortejo”, disse.

Clara cresceu no mundo do samba e garante que essa etapa de sua vida como rainha é uma trajetória natural. “Meu pai se chamava Carlão Elegante e era compositor, minha mãe mulata sambista, passista e foi rainha de bateria de bloco. Com a minha mãe aprendi a sambar. Cresci vendo minha mãe fazendo show, cresci nos camarins e carnavais de rua, cresci sambando. Esses dois anos me amadureceram e me disciplinaram bastante. Foi o grande diferencial para eu chegar a ser rainha do Carnaval hoje, precisei cumprir essas etapas”, contou.

Como prêmio, rei e rainha levam para casa R$ 30 mil. Clara diz que quer juntar. “A gente sempre tenta guardar, mas mulher enlouquece quando vê brilho. Não sei o que vai acontecer com esse dinheiro”, riu.

Rei Momo é reeleito

Aos 27 anos, o jovem Wilson Neto foi reeleito para seu segundo mandato de Rei Momo. Enquanto muitos candidatos se inscrevem durante vários anos para tentar conquistar o tão cobiçado posto, o promotor de eventos de 1,81m não precisou sofrer com inúmeras tentativas. Ele resolveu entrar para o concurso há três anos. Na primeira vez em novembro de 2012, ele apenas alcançou o segundo lugar. Já em 2014 levou o título e agora repetiu a dose.

O segredo foi não entrar no concurso com ares de quem já ganhou. “O segredo foi fazer tudo como se fosse a primeira vez. Entrei descrente como se fosse da primeira vez achando que não iria ganhar, pensei que a minha apresentação não tinha sido legal e, graças a Deus, conquistei o almejado lugar de Rei”, disse ao UOL.

Na noite de glamour desta sexta, sua fantasia foi uma das mais incrementadas com adereços. “Eu venho representando um viva à carioquice e aos 450 anos do Rio de Janeiro. Para mim, a espontaneidade do carioca é proveniente do Carnaval. Meu reinado vai ser regado a muita alegria”, destacou.

No último ano, Wilson fez uma homenagem à Copa do Mundo em sua fantasia. Dessa vez, ele exaltou o aniversário do Rio de Janeiro que comemora, em 2015, 450 anos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo