Entretenimento

Com dois eventos distintos, batalha de "Comic Cons" começa sábado em SP

Montagem UOL/Reprodução
Logotipos das duas Comic Cons realizadas em São Paulo por empresas diferentes Imagem: Montagem UOL/Reprodução

Pablo Miyazawa

Do UOL, em São Paulo

14/11/2014 14h29

Em um espaço de três semanas, a cidade de São Paulo receberá dois eventos com a palavra “Comic Con” no nome. O primeiro começa neste sábado (15) e dura dois dias. O segundo, mais extenso, terá quatro dias e vai de 4 a 7 de dezembro.

À primeira vista, é possível pensar que são duas fases de um mesmo evento. Na verdade, são produtos diferentes e de empresas distintas. O primeiro é a Brasil Comic Con (BCC), organizada pela produtora Yamato, que realiza o tradicional encontro de fãs Anime Friends. Já a Comic Con Experience (CCXP) é uma realização do site Omelete com a agência Chiaroscuro Produções. E nenhum dos dois possui relação oficial com a versão internacional que os inspirou, a consagrada San Diego Comic-Con.

As semelhanças entre essas Comic Cons nacionais ("comic" refere-se a histórias em quadrinhos; "con" é a abreviatura de convenção) continuam além do nome e da fonte de referência. Ambas têm foco acentuado no universo em torno de histórias em quadrinhos, seriados de TV e filmes de aventura. E as duas se propõem a celebrar a cultura pop com atividades para fãs, estandes de empresas do segmento e a presença de celebridades internacionais, que são apresentados ao público de modo intimista, em um esquema conhecido como "meet and greet"

Desde que as duas convenções foram anunciadas, no início do ano, cada organização direcionou esforços para diminuir a confusão e reforçar as diferenças entre elas. Mas não sem gerar algumas farpas entre os envolvidos.

Divulgação
Paul Zaloom, intérprete do cientista Beakman, é um dos destaques da Brasil Comic-Con neste final de semana Imagem: Divulgação

"Tratamos o caso cuidando da qualidade das nossas atrações e instalações", comenta Érico Borgo, um dos organizadores da Comic Con Experience. "Lamentamos a confusão profundamente, pois nosso evento foi anunciado antes, recebeu enorme alarde na mídia e outra produtora optou por embarcar na onda que criamos. É triste, pois a comparação nem deveria existir."

"Demos foco na nossa divulgação, enfatizando nossas atrações e a data do evento", explica Leandro Cruz, coordenador geral da Brasil Comic Con. "Cada um tem seus destaques distintos. A confusão foi inevitável, mas creio que nessa reta final o público já sabe que se trata de dois eventos."


Confirmados e cancelados
Entre suas atrações estrangeiras, a Brasil Comic Con deste final de semana destaca Paul Zaloom, do programa "O Mundo de Beakman", o ator Sylvester McCoy, da série "Doctor Who" e de "O Hobbit", David Gorder, produtor dos filmes da franquia "X-Men", além de Takumi Tsutsui, protagonista do seriado japonês "Jiraiya", e os quadrinistas James O'Barr e Arthur Suydam.

Já a Comic Con Experience, em dezembro, aposta em artistas de filmes e seriados contemporâneos, como Richard Armitage, da trilogia “O Hobbit”, Katie Cassidy, da série "Arrow", Fiona Dourif, de "True Blood", e Jason Momoa e o brasileiro Lino Facioli, ambos de "Game of Thrones". O evento também investe na nostalgia, trazendo o ator Sean Astin ("Os Goonies", "O Senhor dos Anéis"), Edgar Vivar (o Seu Barriga de "Chaves") e os ilustradores Don Rosa e José Luis García-Lopez.

Divulgação
Jason Momoa, o Khal Drogo de "Game of Thrones", reforça o evento Comic Con Experience, em dezembro Imagem: Divulgação

Outro ponto comum foi que ambas convenções sofreram com cancelamentos repentinos de convidados. Do lado da BCC, já foram desconfirmadas as presenças dos atores Alfonso Ribeiro ("Um Maluco no Pedaço") e Cassandra Peterson (intérprete de "Elvira, a Rainha das Trevas"). "Menos de 1% do público pediu devolução do ingresso, e a maioria das pessoas que comprou o acesso VIP de um destes artistas cancelados trocou por outro artista", explica Leandro Cruz.

Na CCXP, as ausências serão Kirk Hammett, guitarrista do Metallica e entusiasta de filmes de terror, e o ator Giancarlo Esposito, da série "Breaking Bad". "Cancelamentos são desagradáveis, mas são esperados. Atores vão onde está o maior ganho e, se fecham um filme, não temos como competir", explica Érico Borgo. "O impacto foi mínimo, pois agimos rápido, de maneira transparente para o cliente."

Sem relação com a oficial
Mesmo que nenhum dos eventos brasileiros possa se assumir como a “verdadeira” Comic Con (os organizadores da San Diego Comic-Con alegam controlar a utilização da marca dentro e fora dos Estados Unidos), ambas organizações rechaçam a necessidade de uma chancela oficial para agradar o público.

“Para a maioria dos fãs, o que importa mesmo são as atrações”, afirma Cruz, da BCC. “Tem gente que valoriza o 'oficial', e isso dá certa credibilidade, mas de fato são as atrações que fazem a diferença.”

“Não se trata de ter a alcunha de 'oficial' ou não, mas de respeitar o fã”, completa Borgo, da CCXP. “Por outro lado, entregar produtos e lojas oficiais, ter empresas estabelecidas dando suporte e contar com criadores de peso é parte desse respeito.”

Dada a natureza dedicada e apaixonada dos fãs de cultura pop e a diversidade de atrações de ambos os lados, não é exagero pensar que uma parte do público tentará prestigiar os dois eventos. “A maioria estará presente nos dois, pois ambos serão ótimos”, diz Cruz. “No caso de quem não pode e tem que escolher um, aí sim vão escolher baseado nas atividades de cada um.”

Borgo, por sua vez, enxerga que a questão da concorrência tem prazo para terminar. “O fã de cultura pop está sendo negligenciado pela maioria dos eventos desse nicho, que enxergam apenas uma fonte de lucro rápido e não entregam uma experiência à altura de suas paixões há muito tempo. Acredito que este ano até pode existir confusão [entre os dois eventos]. Depois de 4 de dezembro, quando abriremos as portas da CCXP, não mais.”


Brasil Comic Con
Quando
: 15 e 16 de novembro, das 10h às 20h
Onde: Centro de Eventos Pro Magno – Rua Samaritá, 230, São Paulo
Quanto: ingresso antecipado: R$ 115,00 (meia-entrada: R$ 57,50); na porta: R$ 138,00 (meia-entrada: R$ 69,00). Pagamento de meia-entrada para estudantes, professores e doadores de 1 kg de alimento não perecível.
Mais informações: www.brasilcomiccon.com.br


Comic Con Experience
Quando: De 4 a 7 de dezembro, das 12h às 22h (4/12), 10h às 22h (5 e 6/12) e 10h às 20h (7/12)
Onde: Centro de Exposições Imigrantes – Rodovia dos Imigrantes, Km. 1,5, São Paulo
Quanto: ingresso para 4 e 5/12: R$ 139,98 (R$ 69,99 meia-entrada); ingresso para 6 e 7/12: R$ 179,98 (R$ 89,99 meia-entrada). Pagamento de meia-entrada para estudantes, professores, idosos, portadores de necessidades especiais e doadores de um livro em bom estado.
Mais informações: www.ccxp.com.br
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo