PUBLICIDADE
Topo

Brasil volta à Feira do Livro de Frankfurt com Paulo Coelho e futebol

Os autores Harri Hertell e Katariina Vuorinen fazem leitura em uma sauna móvel na Feira do Livro de Frankfurt. Finlândia é a homenageada deste ano do evento literário - Frank Rumpenhorst/AFP
Os autores Harri Hertell e Katariina Vuorinen fazem leitura em uma sauna móvel na Feira do Livro de Frankfurt. Finlândia é a homenageada deste ano do evento literário Imagem: Frank Rumpenhorst/AFP

Do UOL, em São Paulo

08/10/2014 07h00

Depois de ter o Brasil como convidado de honra em 2013, começa nesta quarta (8) a nova edição da Feira do Livro de Frankfurt. A presença brasileira nesta edição, que acontece até o dia 12 na cidade alemã, tem como destaques a presença do escritor Paulo Coelho e a participação em uma exposição de livros de futebol, que contará com a colaboração de doze editoras brasileiras: Cortez, Cosac Naify, Carpe Diem, DSOP, Manole, UNESP, Global, Imprensa Oficial, V&R, FTD, Companhia das Letras e Toriba.

A participação de autores nacionais neste ano, que homenageia a Finlândia, é bem mais modesta que no anterior, sendo completada pela poetisa mineira Ana Martins Marques, o jornalista Bernardo Kucinski, o escritor de fantasia Eduardo Spohr e o jornalista Edney Silvestre. O ano passado contou com 70 autores, mas mesmo assim neste ano 65 editoras nacionais vão marcar presença em Frankfurt.

Dessas, 41 estarão na no estande do projeto Brazilian Publishers, uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), que busca incentivar a exportação de conteúdo editorial.

A CBL aproveitou a oportunidade para divulgar um balanço sobre o impacto que a homenagem do Brasil em Frankfurt em 2013 teve no mercado editorial. "As exportações de conteúdo de direitos autorais somadas às vendas de livros impressos evoluíram de US$ 410 mil em 2012 para US$ 750 mil em 2013, um crescimento de 82%", informou a instituição por meio de um comunicado. "As editoras participantes do Brazilian Publishers exportaram em 2013 US$ 2,95 milhões, incluindo venda de direitos autorais e exportação de livros físicos (aumento de 11% frente ao montante de US$ 2,65 milhões em 2012)".