Entretenimento

Após furto, artista diz que não pintará nova estátua para a Mônica Parade

Patrícia Colombo

Do UOL, em São Paulo

12/11/2013 14h10

Expostas em diversos lugares de São Paulo desde a última sexta-feira (8), algumas esculturas da Mônica Parade têm enfrentando problemas na capital paulista. Na madrugada da instalação, uma delas foi furtada e ao longo do primeiro fim de semana outras duas foram pichadas. Artista plástico diz que não pintará nova Mônica e que acredita, por pressentimento, na devolução da peça.

As estátuas envolvidas na depredação são “Mônica Embaixadora”, pintada por Mauricio de Sousa, e “Mônica Descolada”, customizada pela artista plástica Claudia Furlani. A peça desaparecida é “Mônica Pop 50”, trabalhada pelo artista plástico Lobo. Um comunicado oficial enviado pela Maurício de Sousa Produções informa que o furto está sob investigação policial e que as pichações já foram apagadas.

“Esses casos geraram uma reação imediata dos fãs: ajudar a preservar as esculturas e estar vigilantes sobre qualquer dano que possa ser causado. Mesmo porque, ao término do período de exposição, as esculturas serão leiloadas em prol das crianças atendidas pelo UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância).” A intervenção urbana comemora as cinco décadas da personagem de Mauricio de Sousa e a ação contou com um time de 49 artistas somados ao próprio cartunista para customizar os 50 bonecos, cada um à sua maneira. A exposição termina no próximo dia 8 de dezembro.

 

Lobo prepara uma das Mônicas que serão expostas

De acordo com o site Mônica Parade, a escultura que estava localizada na Rua Oscar Freire, pintada por Lobo, está “em manutenção”. A peça foi instalada na madrugada da sexta-feira (8), às 3 horas da manhã, e em torno das 6 horas já não estava mais lá. Lobo ficou sabendo do ocorrido pela internet no sábado (9) e imediatamente entrou em contato com a empresa responsável pela logística da distribuição das esculturas pela cidade, a Top Trends.

O artista plástico contou ao UOL que ficou bastante chateado com o sumiço e informou que a Maurício de Sousa Produções pediu para que ele trabalhasse em outra escultura para novamente integrar a Mônica Parade. Mas por questões de agenda, Lobo não terá disponibilidade de se dedicar novamente ao projeto.

“Demorei uma semana para terminar aquela escultura, pintando noite e dia. Meu processo não é rápido. Adoraria poder contribuir novamente, mas tenho outros clientes a atender”, diz. “Acredito, por pressentimento, que ela deva ser encontrada ou que alguém a devolva. Estou torcendo para isso.” Ele informa ainda que não pensa em criar nenhum movimento na internet para estimular a devolução da peça.

Consultada, a Maurício de Sousa Produções afirma ainda está resolvendo com a patrocinadora Panini qual medida tomar no que se refere à possibilidade de substituir a escultura que estava na rua do bairro dos Jardins, na capital paulista, e que não dará mais informações a respeito devido à investigação policial.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo