Entretenimento

Antônio Torres é eleito novo imortal pela Academia Brasileira de Letras

Eduardo Knapp/Folha Imagem
7.nov.2013 - Antônio Torres é eleito novo imortal pela Academia Brasileira de Letras Imagem: Eduardo Knapp/Folha Imagem

07/11/2013 17h34


O romancista baiano Antônio Torres foi eleito o novo imortal da Academia Brasileira de Letras, ocupando a cadeira de número 23, que pertencia ao jornalista e musicólogo Luiz Paulo Horta, morto em 3 de agosto deste ano.

Nascido na Bahia em 1940, Torres é autor de "Um Cão Uivando para a Lua" (1972), além da trilogia "Essa Terra" (1976), "O Cachorro e o Lobo" (1997) e "Pelo Fundo da Agulha" (2006). O escritor teve 34 dos 39 votos possíveis, segundo comunicado oficial divulgado nesta quinta-feira (7).

Os ocupantes anteriores da cadeira, fundada pelo primeiro Presidente da ABL, Machado de Assis, foram: Lafayette Rodrigues Pereira, Alfredo Pujol, Otávio Mangabeira, Jorge Amado e Zélia Gattai.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo