Entretenimento

Tom Clancy, autor de "Caçada ao Outubro Vermelho", morre aos 66 anos

AP Photo/Kathy Willens
24.mai.204 - Tom Clancy, autor de "Caçada ao Outubro Vermelho" Imagem: AP Photo/Kathy Willens

Do UOL, em São Paulo

02/10/2013 11h40

O escritor best-seller Tom Clancy morreu nesta terça-feira (1º), aos 66 anos, informaram seus representantes à BBC e ao "The New York Times". Entre suas obras estão "Caçada ao Outubro Vermelho", "A Soma de Todos os Medos" e "Jogos Patrióticos", que ganharam adaptação para os cinemas. Clancy estava internado em um hospital em Baltimore e a causa da morte ainda não foi divulgada. 

Seus livros ficaram famosos por abordarem ciências militares e espionagem tecnicamente detalhados -- 17 deles estiveram no topo da lista de mais vendidos do "The New York Times", inclusive sua obra mais recente, "Threat Vector", de 2012. Seus romances também inspiraram uma série bastante popular de games: "Ghost Recon", "Rainbow Six" e a série "Splinter Cell". Seu último livro,“Command Authority", tem lançamento previsto para 3 de dezembro nos Estados Unidos.

Clancy também foi fundador do estúdio de games Red Storn Entertainment em 1996, que produziu os primeiros jogos baseados nas suas histórias do autor. Mais de 40 jogos carregam a marca do autor. 

Seu personagem mais famoso Jack Ryan já foi interpretado por Alec Baldwin, Harrison Ford e Ben Affleck. Outro famoso personagem, John Clark, já foi vivido por Willem Dafoe e Liev Schreiber.

Jack Ryan volta aos cinemas no filme "Jack Ryan: Shadow One", em que será interpretado por Chris Pine. A previsão é que o filme, dirigido por  Kenneth Branagh, chegue aos cinemas brasileiros no dia 25 de dezembro deste ano.  O filme marca o início de uma trilogia do agente criado por Clancy.

David Shanks, um executivo da editora Penguin, que trabalhou com o escritor por décadas, disse que Clancy foi responsável por criar um suspense moderno. "Foi um dos mais visionários contadores de histórias do nosso tempo".

Primeiro livro aos 37 anos
"Caçada ao Outubro Vermelho", primeiro livro de Clancy, cujo nome de batismo é Thomas Lanier Clancy Jr, foi lançado quando o autor tinha 37 anos, em 1984. Antes de sua estreia na literatura, Clancy foi professor de inglês em uma escola em Baltimore, sua cidade natal, e trabalhou também como corretor de seguros. Ele também tentou se alistar na Marinha americana, mas foi recusado.

Depois de fracassar em sua tentativa de unir-se às Forças Armadas por problemas de vista, começou a escrever. Seu primeiro livro conta a história de capitão soviético que decide desertar para os Estados Unidos a bordo de um submarino nuclear e provoca um impasse entre as duas superpotências da Guerra Fria.

Clancy vendeu a história para a Editora do Instituto Naval dos EUA por apenas US$ 5 mil. Depois, recebeu milhões pelos direitos de publicação e pela adaptação da história para o cinema.
 
"A diferença entre ficção e realidade é que a ficção tem que fazer mais sentido", afirmou ele certa vez. Republicano declarado, Clancy também era coproprietário do time de beisebol Baltimore Orioles.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo