PUBLICIDADE
Topo

Suassuna tem evolução neurológica e cardiovascular, diz boletim

Escritor Ariano Suassuna retornou ao Real Hospital Português, em Recife (PE) - Silva Junior / Folhapress
Escritor Ariano Suassuna retornou ao Real Hospital Português, em Recife (PE) Imagem: Silva Junior / Folhapress

Do UOL, em São Paulo

02/09/2013 16h25

Ariano Suassuna apresentou melhora "evolução neurológica e cardiovascular", segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (2) por boletim médico do Real Hospital Português, em Recife (PE).

No domingo, os médicos responsáveis pelo caso relataram que o membro da Academia Brasileira de Letras recebeu alta da UTI e apresentou "excelente recuperação" após uma cirurgia de embolização de um aneurisma cerebral.

Mesmo com a evolução do quadro neurológico e cardiovascular, as visitas ainda permanecem proibidas, segundo o documento assinado pela cardiologista Patrícia Montenegro.
 
No sábado, o hospital informou que a causa do mal-estar sofrido por Ariano Suassuna na última quinta-feira foi em decorrência de um aneurisma cerebral, detectado em ressonância magnética. 
 
Ariano Suassuna foi internado no dia 21 de agosto depois de sofrer um infarto agudo do miocárdio. Atendido novamente no Real Hospital Português, o escritor chegou a receber alta no início da tarde do dia 27 do mesmo mês.
 
Histórico
Ariano Suassuna nasceu no dia 16 de junho de 1927, na cidade da Paraíba, atual João Pessoa, mas mudou-se para Recife em 1942. Formado em Direito e em Filosofia, publicou sua primeira peça teatral, "Uma Mulher Vestido de Sol", aos 20 anos.

Fundador do Teatro Popular do Nordeste e do Movimento de Cultura Popular, além de idealizador do Movimento Armorial, exerceu, entre outros cargos públicos, o de secretário de Cultura de Pernambuco, durante o terceiro governo de Miguel Arraes. Entre suas principais obras estão as peças teatrais "O Auto da Compadecida" e "O Santo e a Porca".