Entretenimento

Poeta cuiabano diverte público da Flip ao pedir "tarifa zero" para poesia

Do UOL, em São Paulo

06/07/2013 16h15

O poeta cuiabano Nicolas Behr divertiu e tirou aplausos da plateia da Festa Literária de Paraty (Flip), na manhã deste sábado (6), ao mostrar cartazes pedindo "tarifa zero" e "passagem grátis" para a poesia.

Bher participou da mesa "Maus Hábitos" ao lado do também poeta  Zuca Sardan. Bem humorados, os dois também leram trechos de seus poemas e contaram histórias.

O cuiabano ainda relembrou a "espinafrada" que recebeu de Carlos Drummond de Andrade, quando, aos 22 anos, telefonou para o mineiro e lhe mostrou algumas paródias que havia feito de poemas seus. “Perguntei ‘O que o senhor acha, senhor Carlos?’, aí veio aquele cruzado de esquerda que agradeço até hoje: ‘Cuida da tua poesia e deixa a minha em paz’”.

Protestos nas ruas de Paraty
Também neste sábado, manifestantes se reuniram nas ruas de Paraty para pedir melhorias na saúde e educação da cidade fluminense que realiza a festa até este domingo. A própria Flip foi alvo dos protestos. Um dos cartazes dizia: "Alunos sem professores. Flip pra quem?".

O grupo apartidário Acorda, Paraty, que organiza a manifestação, diz que está aproveitando a visibilidade da festa para mostrar às pessoas que visitam a cidade os problemas do local.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo