Entretenimento

Londrino tenta quebrar recorde cruzando deserto na Califórnia vestido de Darth Vader

EFE/Hannah Quillen
Vestido como o vilão da saga "Star Wars", Jonathan Rice tenta quebrar recorde na Califórnia. Ao lado, o socorrista e motorista, Randy Kern, vestido como Chewbacca Imagem: EFE/Hannah Quillen

Do UOL, em São Paulo

03/07/2013 13h14

Vestido com o uniforme preto e pesado de Darth Vader, vilão famoso da saga "Star Wars", o turista londrino Jonathan Arroz decidiu cruzar o Vale da Morte, na Califórnia, considerado o lugar mais quente do mundo, vestido como o pai de Luke Skywalker. A ideia de Arroz é quebrar um recorde do Guinness e também passar pelo local onde George Lucas gravou as cenas do planeta Tatooine para o filme. 

  • O calor no Vale da Morte chega até 160º F no deserto nesta época do ano 

Como é verão no hemisfério norte, Arroz enfrentou um sol de 53º no meio do deserto com o objetivo de testar os limites de sua própria resistência. O atleta recebeu a ajuda de um socorrista vestido como Chewbacca. Em 2010, ele fez a mesma corrida que durou cerca de seis minutos. 

"A ideia de me vestir como Darth Vader foi para tornar tudo mais difícil. Com o capacete, a cor preta absorve o calor, mas o mais difícil é para respirar, você respira o seu próprio dióxido de carbono", explicou Rice em entrevista à EFE, que diz também ser um fã verdadeiro de "Star Wars", "não desses que se vê nas convenções". 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo