Topo

Entretenimento

Editora lança selo de e-books com minilivros sobre protestos no país

Do UOL, em São Paulo

20/06/2013 16h56

A editora paulista Companhia das Letras lançará nas próximas semanas o selo Breve Companhia, voltado para livros eletrônicos de formato mais curto, que se adaptem à falta de tempo e à vida frenética do leitor atual.

De acordo com o comunicado divulgado pela editora, o selo publicará "e-books mais enxutos, ensaios decisivos para leitores interessados e estudantes universitários, boa e curta ficção — como novelas e coletâneas de contos —, poesia, além de textos de reflexão e reportagens ampliadas sobre grandes temas".

O selo será inaugurado com duas obras sobre as manifestações que tomaram todo o Brasil nos últimos dias.

O repórter da revista "Carta Capital" Piero Locatelli, que chegou a ser detido pela polícia paulista por portar um frasco de vinagre enquanto cobria o protesto realizado em São Paulo no dia 13 de junho, prepara um volume sobre a origem do movimento, as grandes histórias das manifestações das últimas semanas, além de tentar entender o que está em jogo.

Por sua vez, o professor da Unicamp Marcos Nobre lançará até o fim do mês um ensaio em que atribui a revolta popular a um impasse em curso desde a redemocratização. Para ele, os protestos seriam uma resposta difusa à cultura política do "pemedebismo", por ele definido como uma blindagem do sistema político que represa o avanço de forças de transformação.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento