Entretenimento

Fantasias e adereços juninos por até R$ 200 atraem público no centro de SP

Mariana Pasini

Do UOL, em São Paulo

13/06/2013 07h00

Ainda que não seja brasileira, Alexandra Serafini tem uma missão bem típica de pais e familiares do país no meio do ano: encontrar fantasias e adereços para a festa junina de seus filhos. Mesmo sem ter nascido em São Paulo, ela já sabe que a rua Vinte e Cinco de Março e a ladeira Porto Geral, no centro da capital, são um bom lugar para cumprir a tarefa. Os Serafini são franceses e vivem no Brasil há um ano e meio. Essa será a primeira festa junina das crianças Adrian, de 5 anos, e Elena, de 3. “Meu filho está super animado, já até aprendeu a dançar”, diz Alexandra, que nunca ouviu falar de nenhum outro festejo parecido.

Na 25 de Março, a maioria das lojas especializadas em fantasias consultadas pelo UOL recebe produtos típicos desde maio deste ano e pretende mantê-los expostos até agosto. Há pelo menos duas semanas, segundo os lojistas consultados, o movimento no fim de semana é grande na região: a partir da quinta, o fluxo aumenta e atinge seu máximo no sábado.

Pode-se encontrar itens como milhos de plástico ou espuma; placas indicativas para festas, com os dizeres “Barraca do Quentão” ou “Pescaria”; balões (apenas decorativos, não para serem soltos com fogo); bandeirinhas de E.V.A. ou de papel, ainda que essas últimas já tenham se esgotado em algumas lojas.

Um dos itens mais requisitados é o vestido caipira feminino, tanto adulto quanto infantil. Na loja Festas e Fantasias, localizada na ladeira Porto Geral, a versão para adultas mais barata sai por R$ 64, incluindo a calçola; os mais luxuosos podem custar R$ 128, contando com chapéu, bolsa e bolero. Para crianças, a variação vai de R$ 46 a 158. Na Brilhos e Fantasias, o vestido infantil luxo pode chegar a R$ 200. Foi justamente a procura por vestidos femininos que fez as irmãs Tatiene e Tábata Marietto virem de Ilha Comprida, no litoral sul do estado, até São Paulo. Comerciantes, elas precisam de fantasias para um evento do trabalho.

Maria das Graças Montanheiro foi para a Porto Geral com a filha Daiana para procurar um vestido para a neta de dois anos. Para ela, é bom poder encontrar roupas para a família inteira na região, mas a falta de descontos pode ser um problema. “A família toda se fantasia todo ano e fazemos uma festa entre nós”, conta ela.

Michele Cavali se inspirou na data e vai tornar a festa de 50 anos de seu marido, João Batista, no próximo dia 21, numa comemoração tipicamente junina. No final da manhã da terça (11), ela já tinha achado todos os itens que precisava na região central da cidade. As roupas ela mesmo vai costurar, já que tem formação em Moda. “Todo mundo vai fantasiado de festa junina. Alguns estão com um pouco de vergonha, mas vão ter que ir a caráter, com pelo menos um lenço no pescoço!”, conta.

Movimento intenso

Os lojistas comemoram o fluxo intenso de clientes. Luiz Gustavo de Oliveira, gerente da Festas e Fantasias há dois anos, acredita que o movimento aumentou em relação à mesma época no ano passado. Nem o Dia dos Namorados, em 12 de junho, incentivou tanto a procura por produtos típicos. Nos Armarinhos Universal, localizados na Vinte e Cinco de Março, a gerente Gorete teve que contratar mais funcionários temporariamente e abrir o último andar da loja para dar conta da procura. Ela estima um acréscimo de 20% no faturamento, ainda que o fluxo não supere o do Carnaval ou o fim de ano.

A praticidade dos itens oferecidos também ajuda no tamanho da procura. “A bandeirinha pronta é muito mais prática do que fazer em casa”, diz Gorete. Algumas invenções, como os retalhos em pano xadrez que podem ser colados e destacados das roupas, facilitam ainda mais a missão. A Copa das Confederações também inspira alguns itens decorativos, mas a aparição do tema em roupas ocorre mais em anos de Copa do Mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo