Entretenimento

"Ano da Alemanha" começa hoje com evento no Municipal, caminhão da cultura e exposição do Bauhaus

Jochen Clemens

Do Die Welt

13/05/2013 07h00

A  importância que a Alemanha dá às relações com o Brasil será demonstrada no "Ano da Alemanha", evento que o presidente alemão Joachim Gauck inaugura nesta segunda-feira (13), no Theatro Municipal de São Paulo.

Durante um ano inteiro, até maio de 2014, a República Federal da Alemanha se apresentará em toda a sua variedade sob o lema "Quando Ideias Se Encontram", sendo um "pool" criativo, assim como um parceiro de negócios digno de confiança. A iniciativa conjunta do Ministério das Relações do Exterior (Auswärtiges Amt), dos Ministérios Federais para Economia e Educação, da Associação Federal da Indústria Alemã (BDI) e do Instituto Goethe abrange mais de 300 projetos e festividades.
 
De forma consciente, nesta maior promoção no exterior que a Alemanha já promoveu, não se limita apenas às grandes cidades, mas também percorre-se as regiões mais afastadas do Brasil, onde a Alemanha só é conhecida como nação futebolística, se chegar a tanto. "É um sinal, como se consente neste momento sobre a importância da cooperação de nossos países e dos nossos potenciais. A política, a ciência, a cultura e o esporte fizeram um esforço em conjunto para tornar realidade este projeto", disse Stefan Zoller, presidente da BDI Brazil Boards.
 
"Agora, teremos a chance de intensificar o sólido diálogo bilateral de forma que o Brasil e a Alemanha possam construir o futuro em conjunto. Um futuro para empresas alemãs no Brasil e empresas brasileiras na Alemanha, que garanta força econômica e prosperidade para ambos os países", completou.
 
Os projetos
No "Tour de Brasil" o projeto traz "A Alemanha Sobre Rodas”. Em 12 meses, 16 cidades serão visitadas pelo caminhão da cultura do Instituto Goethe, para que, depois de ter percorrido 20 mil quilômetros, o maior número possível de brasileiros possa ficar com impressões duradouras sobre música, filmes, literatura, teatro e arte da Alemanha.
 
Para este fim, os artistas Jim Avignon e Carlos Dias transformaram um caminhão de 15 metros em uma obra de arte rolante, que convidará, de Florianópolis até Belém, crianças, adolescentes e adultos a conhecer a cultura e a língua alemã. Os visitantes poderão ver filmes, participar de workshops de vídeo e teatro, descobrir livros e histórias em quadrinhos, assim como trabalhar em conjunto em um jornal ou escutar rap alemão.
 
Na cerimônia de abertura do "Ano da Alemanha", o caminhão da cultura estará estacionado em frente ao Theatro Municipal de São Paulo. Ao mesmo tempo, o iluminador alemão Michael Batz fará brilhar a fachada do teatro durante uma semana (de 13 a 19 de maio, sempre a partir das 18h) com cerca de 250 iluminadores e 300 metros quadrados de folhas coloridas, que mergulharão o prédio imponente nas cores azul, vermelho e amarelo. Batz iluminou o Reichstag de Berlim durante a Copa do Mundo.
 
Uma exposição da Bauhaus também será inaugurada no período (Bauhaus.foto.film) e vai exibir filmes e fotografias de artistas da célebre escola artística alemã. De uma coleção de mais de 40 mil artefatos foram escolhidos cem obras-chaves, entre elas clássicos de Lúcia Moholy, László Moholy-Nagy e T. Lux Feininger, como também quadros de fotógrafos menos conhecidos como Kattina Both e Irene Bayer, assim como obras de vanguarda de artistas ainda desconhecidos.
 
Após a primeira parada no Sesc Pinheiros, a exposição do Bauhaus segue para Curitiba, Porto Alegre e Salvador. Pela primeira vez também o público brasileiro poderá participar de um simpósio da Brecht Society International. "O Espectador Criativo - Colisão e Diálogo" é o tema do 14° simpósio da Sociedade Internacional Brecht, que entre os dias 20 e 23 de maio irá apresentar a vida e a obra do autor.
 
Alemanha para iniciantes
O que outras nações sempre quiseram saber sobre a Alemanha, mas nunca tiveram coragem de perguntar? "Alemanha para Iniciantes" vai aproximar o país e sua gente, através de objetos cotidianos e de lembranças pessoais. A estrutura fundamental desta exposição interativa é formada pelas 26 letras do alfabeto alemão --de "A" como "Arbeit" (trabalho) e "O" de "Ordnung" (ordem) a "Z" de "Zukunft" (futuro).
 
Quem foi a Loreley? Quantas salsichas um alemão como por dia? Você sabia que o conceito de jardim de infância teve origem na Alemanha? Estas e outras perguntas serão respondidas, valorizando tanto uma apresentação realista da cultura e da sociedade alemã, como também observações humorísticas e subjetivas. "Alemanha para Iniciantes" já se apresentou na China, na África e em alguns países da Europa e sempre foi muito bem recebida.
 
Programação:
 
  • "Alemanha para Iniciantes" já pôde ser visto no Recife e em Salvador.  Em 24 de maio segue para Brasília e depois para o Rio de Janeiro (29 de agosto), Blumenau (20 de setembro)  Porto Alegre (4 de novembro), Curitiba (13 de dezembro) e São Paulo (17 de fevereiro de 2014).
     
  • No final de junho o navio científico Meteor entrará no porto de Fortaleza e abrirá suas portas para mostrar um estudo sobre o papel do atlântico tropical em casos de oscilações climáticas, assim como os seus efeitos sobre a vida bioquímica da região. Durante este período todos os interessados, especialmente alunos e estudantes, terão a oportunidade de visitar o Meteor, que parece com uma pequena cidade autárquica: tem a bordo uma usina elétrica própria, uma usina de reciclagem não poluente de lixo, instalações de filtragem de água e de produção de água potável, assim como ar-condicionado.
     
  • Um dos projetos farol do ano alemão será a exposição de cinco dias de "Future Visions", no parque do Ibirapuera, promovida pela câmera do comércio alemã-brasileira. Em fevereiro de 2014 serão respondidas muitas perguntas, como por exemplo "como viveremos amanhã?" Também são planejados concertos e shows ao ar livre e um mundo de experiências interativas.
     
  • Uma noite do teatro marcará o clímax e a despedida de uma sequência de produções de teatro entre a Alemanha e o Brasil. "Sacos de Pimenta no País do Açúcar", encenado por Karin Beier, diretora da casa de espetáculos de Hamburgo se baseia em entrevistas com descendentes alemães da colônia alemã Dona Francisca, a Joinville de hoje. Passados os tempos, lá já está crescendo a sexta geração dos primeiros imigrantes alemães. 


Toda a programação do evento está organizadas em um calendário no site oficial: http://www.alemanha-e-brasil.org

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Entretenimento

Topo