PUBLICIDADE
Topo

Wolverine ficará vulnerável à morte na HQ "Killable"

Em "Wolverine #7", o herói ficará vulnerável - Reprodução
Em "Wolverine #7", o herói ficará vulnerável Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

29/04/2013 19h54

Se depender do roteirista Paul Cornell, Wolverine precisará lidar com uma vulnerabilidade emocional e até a morte em suas próximas revistas. Seu poder de regeneração e cura começará a diminuir, tornando o herói "matável". 

As informações sobre as revistas de edição número 7 e 8 foram divulgadas neste fim de semana durante painel da Casa das Ideias no Chicago Comics and Entertainment Expo, evento de quadrinhos realizado nos EUA.

Na edição sete, "Mortal", as mudanças começam e na oito "Killable", o herói precisará lidar com as mudanças durante uma visita à Wakanda, onde alguns de seus vilões estarão lá para tentar matá-lo. 

Escrita por Cornell e ilustrada por Alan Davis, a HQ parte da história que deve chegar aos cinemas em julho, no filme "Wolverine: Imortal", quando Logan começa a perder a sua cura mutante ficando exposto aos inimigos. 

"No começo, ele define como um frio dentro dele, que se inicia de forma lenta e contínua. Isso não apenas o assusta como mexe muito com ele. Ele tenta não mostrar, mas isso muda tudo sobre ele. Isso é o que acontece quando alguém cuja inteira persona, estilo de luta e atitude é formada por um único grande fator em sua vida e ele perde isso. Logan sempre tem ido para a batalha, permitindo-se causar uma certa quantidade de dano. Isso vai ter que mudar. A maioria dos guerreiros têm que lidar com a ideia da morte", antecipa Cornell ao site Comic Book Resources.

"É uma história altamente emocional. Ela vem de meus próprios pensamentos mortais, resultado de ter me tornado pai recentemente. Na minha idade ter um filho, aos quarenta e poucos anos, é como estar treinando um substituto", completa.