Entretenimento

Após retirar vídeo do Porta dos Fundos do ar, YouTube coloca restrição no acesso

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

02/04/2013 09h44

A trupe do Porta dos Fundos teve um vídeo retirado do ar pelo YouTube no começo da noite da última segunda-feira (1).

Horas depois, ele voltou ao ar com uma restrição no acesso, dizendo que poderia ser "impróprio para alguns usuários". 

Quem quisesse acessá-lo deveria fazer login no site para confirmar a idade. O vídeo, sem restrição, pode ser acessado no site do Porta dos Fundos.

Intitulado "Homens", o vídeo conta com as participações da atriz Fernanda Paes Leme e do comediante Marcos Veras, que integra o elenco do "Encontro com Fátima Bernardes" (Globo).

O problema pode ter sido causado no final da exibição, quando o ator Gabriel Totoro analisa e comenta a Playboy da atriz Fernanda Paes Leme com uma boneca inflável ao lado. Em nenhum momento eles mostram as fotos internas da revista, apenas a capa.

"As fotos são tão bonitas. Vamos ver de novo. Caramba, olha que bonito essas coisas. Você quer fazer de novo? Eu quero, eu quero", diz o ator.

O Porta dos Fundos é um canal de humor exibido na internet e é produzido por um quinteto formado por Antônio Tabet (do site Kibe Loco), Ian SBF, Gregório Duvivier, Fábio Porchat e João Vicente de Castro. 

Veja o vídeo:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo