PUBLICIDADE
Topo

"Robin" dos anos 60 reclama da morte de herói em HQ do Batman

Burt Ward interpretou Robin na série de TV do homem morcego nos anos 60 - Reprodução
Burt Ward interpretou Robin na série de TV do homem morcego nos anos 60 Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

27/02/2013 09h31

Não só os fãs de Batman lamentaram a morte antecipada de Robin nos quadrinhos, como o próprio herói afirmou ser um erro da DC Comics.

O ator Burt Ward, que interpretou Robin na série de TV do homem morcego nos anos 60, reclamou da notícia ao site da “TMZ”, no maior estilo do personagem: "Santa ferida auto-infligida! Não é bom para os lucros das empresas!".

A próxima edição de "Batman Incorporated", a revista da DC Comics, será lançada nesta quarta (27) e traz Robin na capa com a mensagem: “RIP” (Rest in Piece; em português: Descanse em Paz).

Para Burt Ward, o futuro da franquia de Batman depende do personagem. “É uma escolha terrível matar Robin. Porque morder a mão que te alimenta?  Robin só deve morrer na imaginação das pessoas! Ou em um estado de êxtase primal!", reclamou.

O ator acrescenta: "Todo jovem percebe que é jovem demais para dirigir e eles não são grandes como o Batman. Então, todos eles almejam ser o Robin, que consegue carona com Batman e luta com o Batman!"

  • Divulgação

    Robin em capa do quadrinho "R.I.P", da DC

Em "Batman incorporated", Robin é Damian Wayne, garoto de 10 anos que é filho de Bruce Wayne e Talia al Ghul.

Não é o primeiro "Robin" a morrer. Jason Todd foi morto pelo Coringa, e depois ressuscitou em 2005. Perguntado se Robin será substituído, o escritor disse que "nunca se pode dizer nunca no mundo dos quadrinhos ... Enfim, Batman terá sempre um parceiro".

* com informações da AFP