Entretenimento

"As garotas dentro de nós não vão morrer nunca", diz Susana Vieira sobre "A Partilha"

FotoRioNews
As atrizes Arlete Salles, Suzana Vieira, Theresa Pfeiffer e Patricia Travassos participam de evento para a imprensa do espetáculo "A Partilha", em São Paulo (11/10/12) Imagem: FotoRioNews

Mariane Zendron

Do UOL, em São Paulo

11/10/2012 15h19Atualizada em 11/10/2012 17h58

Miguel Falabella coloca "A Partilha" de volta aos palcos de São Paulo, mais de 20 anos após sua primeira montagem e com quase todo o elenco original: Susana Vieira, Arlete Salles e Thereza Piffer. A novidade é Patricya Travassos, que estreia no lugar antes ocupado por Natalia do Vale. O elenco se reuniu nesta quinta-feira (11), na capital paulista, para falar sobre o espetáculo à imprensa. 

Apesar de terem se passado 22 anos, Susana Vieira disse que as histórias continuam as mesmas. "As garotas dentro de nós não vão morrer nunca", brincou a atriz de 70 anos, que ainda contou que a intimidade das personagens faz com que elas voltem a ser crianças. "Uma diz para a outra: 'Você mexia nas minhas roupas'. Virei criança de novo". Arlette Salles, também com 70 anos, concordou: "Quando os anjos nos amam, nós não envelhecemos".

Arlete ainda disse que não é a mesma atriz de 20 anos atrás, mas a remontagem deu a ela a oportunidade de analisar seu amadurecimento como profissional. "Voltar a um trabalho tantos anos depois nos dá a possibilidade de conhecer o que nos tornamos nesse tempo. Isso deixou o trabalho mais relevante", disse.

Insegurança
Apesar de se sentirem à vontade para recontar uma história de mais de duas décadas, as atrizes falaram sobre as inseguranças que surgiram com a remontagem. "Não sabíamos se ainda conseguiríamos fazer essas meninas. Há 20 anos, éramos mais relaxadas e tínhamos menos ambição. Tudo era uma farra", disse Susana. Segundo a atriz, a chegada de Patricya renovou as energias. "Ela chegou e nos trouxe um outro "time" de comédia. Agradeço à Patricya por continuarmos felizes como éramos antes".

Arlete Sales revelou que sentiu medo de não agradar ao "público tecnológico" com essa remontagem, mas que as apresentações do espetáculo durante a temporada no Rio de Janeiro foram bem-sucedidas. "O público se identifica porque essas mulheres são verdadeiras."

ENTENDA "A PARTILHA"

No palco, as irmãs Regina (Susana), Laura (Thereza), Selma (Patricya) e Maria Lúcia (Arlete) se reencontram no velório da mãe e precisam resolver questões relacionadas à partilha dos bens.

Enquanto decidem entre a venda de um espelho veneziano do século XVIII e tapetes persas, o quarteto remói mágoas, invejas e ausências, tudo pontuado por muito bom humor.

(Na foto, o elenco original no sentido horário: Natália do Vale, Arlete Salles, Thereza Piffer e Susana Vieira)

A peça, que deu origem ao filme de mesmo nome, ficou em cartaz por seis anos no Brasil e foi remontada em 12 países. Suzana disse que se identifica tanto com o texto de Miguel Falabella que sua vida se divide em "antes e depois de 'A Partilha'". "Essas atrizes são como minhas irmãs", falou Suzana sobre o relacionamento com o elenco.

Para Suzana, além de destaque no teatro, a peça deu independência profissional ao elenco na primeira vez que foi montada. "A gente se sentiu mais segura porque tínhamos público e descobrimos que não dependíamos apenas da TV", lembrou.

Ponte aérea
Com exceção de Thereza, que mora em São Paulo, o elenco viverá na ponte aérea enquanto a peça estiver em cartaz na cidade paulista. "Para nós mulheres, é mais difícil largar tudo e ficar viajando. A gente tem mãe e marido para cuidar. Ficamos sozinhas no quarto do hotel, mas colocamos o Milton Nascimento cantando "Beatriz", tomamos um leite quente e vamos dormir. O ideal seria ter uma casinha aqui, mas quem sabe a gente não rejuvenesce com esse estresse de trabalho?", disse Susana.

"A Partilha" entra em cartaz no dia 19 de outubro no Teatro Frei Caneca, em São Paulo e será apresentada nas sextas, sábados e domingos até 25 de novembro. Os ingressos custam R$ 80 e R$ 120 e já estão à venda.


"A Partilha"
Quando: de 19/10 até 25/11. Sextas, às 21h30, sábados às 19h e às 21h30 e domingos às 18h
Onde: Teatro Frei Caneca (Rua Frei Caneca, 569 - 6º andar - Consolação - Centro)
Quanto: R$ 80 e R$120 
Mais informações: 0/xx/11 3472-2229

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo