Topo

Entretenimento

Obra de Reinoir encontrada em mercado de pulgas pode ter sido roubada há 60 anos

Reprodução
"Paysage Bords de Seine", pintada por volta de 1879 por Pierre-Auguste Renoir Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

27/09/2012 18h45

O leilão de uma pintura atribuída ao pintor Renoir, comprada em um mercado de pulgas, foi cancelado, por suspeitas de que a obra tenha sido roubada do Museu de Arte de Baltimore há 60 anos.

De acordo com informações do jornal “Washington Post”, uma investigação do FBI está em andamento porque o roubo da pintura não foi registrado nos arquivos do museu.

No entanto, a instituição tem arquivos que mostram que comprovam que a pintura “Paysage Bords de Seine” a pertenceu entre os anos 1937 e 1949.

A obra, na realidade, pertenceu a uma mulher chamada Saidie A. May que foi casada com um dos benfeitores do museu.

Com a morte de Saidie, em 1951, sua coleção foi deixada como herança para a instituição, Nesta época, o quadro teria sido roubado.

A pintura foi redescoberta em 2010 quando uma mulher americana, que prefere não se identificar, a comprou por menos de US$ 50 em uma mercado de pulgas.

Ela levou a obra para a casa de leilões local, a companhia Potomack, onde um especialista identificou-a como uma pintura de Renoir, intitulada "Paysage Bords de Seine", feita por volta de 1879 e que está avaliada entre US$ 75 mil e US$ 100 mil.

A obra, tem 14 centímetros de altura e quase 23 de largura e foi identificada em um catálogo da obra de Renoir, que indica que foi adquirida em 1925 pela galeria francesa Bernheim-Jeune, que, posteriormente, a vendeu para Herbert May, marido da colecionista Sadie A. May.

Mais Entretenimento