Entretenimento

Museu diz que ainda quer expor obras de Di Cavalcanti apesar de danos em incêndio

Reprodução
O óleo "Samba" (1925), de Emiliano Di Cavalcanti, faz parte da coleção do marchand Jean Boghici. Nesta segunda-feira (13), um incêndio atingiu o apartamento de Jean e pode ter destruído esta e outras obras Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

14/08/2012 18h58

A direção do Museu de Arte do Rio (MAR) afirmou em um comunicado nesta terça (13) que ainda gostaria de inaugurar o novo museu com uma mostra do acervo do colecionador Jean Boghici, que foi parcialmente destruída em um incêndio no apartamento do marchand em Copacabana na noite de segunda.

“Os planos de inaugurar o novo Museu de Arte do Rio com uma mostra de sua coleção permanecem inalterados, se este for seu desejo”, diz a nota assinada pelo secretário-geral da Fundação Roberto Marinho, Hugo Barreto, e o curador do Museu de Arte do Rio, Paulo Herkenhoff.

Os dois também lamentaram o incêndio e disseram que a atuação de Boghici “é inestimável para o Brasil”. “Seu acervo, reunido ao longo de seis décadas, é a mais singular articulação da modernidade brasileira e europeia”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo