Entretenimento

Fernando Morais retoma livro sobre o governo Lula e espera lançá-lo no fim de 2013

Bandnews
Fernando Morais prepara livro sobre governo Lula Imagem: Bandnews

Ana Okada

Do UOL, em São Paulo

14/08/2012 20h30

O escritor Fernando Morais, que participa de pré-estreia do filme "Corações Sujos" em São Paulo nesta terça-feira (14), conta que retomou as entrevistas com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para livro que prepara sobre os últimos trinta anos de sua atuação na política nacional. O trabalho, que havia começado no meio do ano passado, teve que ser interrompido em outubro passado por causa da descoberta de um tumor de laringe de Lula. A doença acabou atrasando o lançamento do livro, que agora deve ficar pronto no final de 2013 ou posteriormente.

O livro já seria lançado somente após as eleições de 2012, porque os dois queriam evitar que o material fosse chamado de usado como "propaganda" ou "contrapropaganda". O autor conta que já foi procurado por editoras do exterior por causa do trabalho, mas que nada foi acertado, pois eles não querem contar com "o omelete antes de ter o ovo da galinha".

O trabalho mostrará desde quando Lula foi preso por ser líder do Sindicato de Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, no início dos anos 1980, até os bastidores de seu mandato e a entrega da presidência para Dilma Rousseff, no início de 2011. Morais adianta que busca "não publicar nada que as pessoas já saibam". O escritor era deputado na época em que ex-presidente foi preso, e diz que essa experiência irá ajudá-lo a escrever a obra. "Ter esse convívio com ele ajuda muito no meu trabalho, porque ele vai falar de coisas que eu vivi, estava ali perto."

Ele relembra como se deu a prisão de Lula: "Eu era deputado, estava lá [no sindicato] para dar um pouco de segurança para ele, Fernando Henrique [Cardoso] esteve um pouco antes, e a gente não acreditava que o governo faria aquilo. Ficamos lá conversando até meia-noite, 1h, aí a gente ouviu um barulho de helicóptero. Olhamos pela janela do sindicato, e estava tudo cercado, com tropas de choque."

Para terminar o livro sobre Lula, o escritor interrompeu as biografias que estava fazendo de José Dirceu – interrompida quando ele teve o mandato cassado, em 2005 –, e a de Antônio Carlos Magalhães. De ACM, ele diz que tem mais de nove anos de gravações, além dos arquivos dele. "Como não tem perigo de alguém fazer esse livro, ele é meu, então posso esperar um pouco mais."

"Corações Sujos", filme sobre a organização japonesa Shindo Renmei baseado em livro homônimo do escritor, estreia nos cinemas nesta sexta-feira (17).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo