Entretenimento

Prêmio São Paulo de Literatura anuncia os 20 finalistas da edição de 2012; veja quem são

Do UOL, em São Paulo

02/08/2012 17h43

O Prêmio São Paulo de Literatura anunciou nesta quinta-feira (2) os 20 finalistas da edição de 2012, separados em autores veteranos e estreantes. As obras serão avalidas por cinco especialistas, que vão escolher o vencedor de cada categoria. O prêmio é de R$ 200 mil.

Dentre os veteranos, estão Luiz Ruffato, com "Domingo sem Deus", Tatiana Salem Levy, com "Dois Rios", Michel Laub, com "Diário da Queda" e Silvio Lancellotti, com "Em nome do Pai dos Burros". Dentre os estreantes, estão os jornalistas Eliane Brum, com "Uma Duas", e Bernardo Kucinski, com "K (Expressão Popular)". Veja as listas dos finalistas abaixo:

Melhor Livro do Ano (autores veteranos)

Adriana Lunardi - A vendedora de fósforos - (Rocco)
Bartolomeu Campos de Queirós - Vermelho Amargo (Cosac Naify)
Domingos Pellegrini - Herança de Maria (Leya)
Hélio Pólvora - Don Solidon (Casarão do Verbo)
Luiz Ruffato - Domingos sem Deus (Record)
Luiz Vilela - Perdição (Record)
Michel Laub - Diário da Queda (Cia. das Letras)
Paulo Scott - Habitante Irreal (Alfaguara)
Silvio Lancellotti - Em nome do Pai dos Burros- (Global)
Tatiana Salem Levy - Dois rios (Record)

Melhor Livro do Ano (autores estreantes)

Ana Mariano - Atado de Ervas (L&PM)
Bernardo Kucinski - K (Expressão Popular)
Chico Lopes - O Estranho no Corredor (Editora 34)
Edmar Monteiro Filho - Fita azul (Babel)
Eliane Brum - Uma duas - (Leya)
Júlian Fuks - Procura no romance (Record)
Luciana Hidalgo - O Passeador (Rocco)
Marcos Bagno - As memórias de Eugênia (Editora Positivo)
Susana Fuentes - Luzia (7 Letras)
Suzana Montoro - Os Hungareses (Ofício da Palavra)

Os finalistas foram escolhidos dentre 209 livros habilitados para a competição, sendo todos romances de ficção editados pela primeira vez no Brasil e no ano de 2011. Dos participantes, 90 concorreram como melhor livro do ano e 119 como melhor livro de autor estreante.

O resultado final será divulgado em setembro, no auditório do Museu de Língua Portuguesa. A premiação foi criada em 2008 pelo Governo do Estado de São Paulo. Em 2011, os vencedores da premiação foram Rubens Figueiredo, com "Passageiro do Fim do Dia"; e Marcelo Ferroni, com "Método Prático de Guerrilha", como autor estreante.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo