Entretenimento

Penguin anuncia edições digitais dos livros de Thomas Pynchon

Do UOL, em São Paulo

12/06/2012 19h58

Festejado por leitores e críticos literários como um arauto da era da informação, Thomas Pynchon, de 75 anos, resistiu até onde pode em converter seus livros ao formato digital.

Na verdade, até esta terça (11), quando a Penguin anunciou que as edições eletrônicas de "Arco-íris da gravidade", "V" e outros trabalhos influentes de Pynchon começariam a ser vendidos a partir desta quarta (12).

Os outros romances incluem "Vineland" e "Contra o Dia". O anúncio da Penguin não incluiu qualquer declaração de Pynchon, que evitou a mídia durante décadas. Ele não concede entrevistas e nem se deixa fotografar.

Os livros do autor foram lançados por várias editoras, incluindo Little Brown & Company e Henry Holt & Company. Mas a Penguin adquiriu os direitos digitais sobre toda a sua obra. O acordo foi negociado pela mulher de Pynchon, a agente literária Melanie Jackson.

No Brasil, os livros de Pynchon são editados pela Companhia das Letras.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo