Entretenimento

Teatro onde "Romeu e Julieta" foi encenado pela primeira vez é encontrado em Londres

REUTERS/Museum of London Archaeology/handout
Arqueóloga do Museu de Londres trabalha em escavações na descoberta do teatro Curtain, em Londres (6/6/12) Imagem: REUTERS/Museum of London Archaeology/handout

Do UOL, em São Paulo

06/06/2012 12h53

Arqueólogos do Museu de Londres descobriram ruínas do espaço The Curtain Theatre, teatro onde peças como "Romeu e Julieta" e "Henry V", do dramaturgo inglês William Shakespeare, foram encenadas pela primeira vez. A informação foi publicada pelo jornal "The Guardian", nesta quarta (6). 

Os responsáveis deste museu qualificaram o achado como "emocionante", já que a localização exata do teatro era tida como um "mistério". Até então, sabia-se que o teatro tinha sido inaugurado em 1577 e que se encontrava no bairro de Shoreditch, em Londres. 

Como parte de um trabalho de restauração, os arqueólogos do museu encontraram vestígios do teatro "em bom estado de conservação", como o pátio e os muros de uma galeria, a três metros de profundidade. Também foram encontrados restos de uma estrutura poligonal, típicas dos teatros do século 16. Os arqueólogos pretendem continuar as escavações durante o ano com a finalidade de encontrar restos mortais de atores e funcionários do teatro e tentar descobrir como funcionou um dos primeiros edifícios no local. 

Com as escavações, que deverão seguir adiante, os arqueólogos encontram o teatro (The Curtain) em uma rua do bairro de Shoreditch. O local fica a poucos metros do lugar onde o "The Theatre", teatro onde Shakespeare estreou como ator e onde representou suas primeiras peças, foi encontrado em 2008.

Um porta-voz das escavações assegurou que se trata de um dos descobrimentos "mais importantes" dos últimos anos relacionados com o dramaturgo inglês. Isso porque, desde 1622, os arqueólogos e os historiadores tinham perdido o rastro do teatro. O "The Curtain" foi a sede da companhia de Shakespeare, "The Lorde Chamberlains Men", de 1577 até 1597, época em que o dramaturgo britânico apresentou obras como "Romeu e Julieta", "Sonho de uma Noite de Verão" e "Enrique V".

A lenda conta que o ator e diretor do teatro, James Burbahe, acabou com o teatro da noite para o dia por causa de um problema com o proprietário do edifício. Posteriormente, o mesmo Berbahe fundou o "The Globe", onde a maioria das obras de Shakespeare foi representada. Desta forma, espera-se que as escavações sejam abertas ao público no futuro e, inclusive, que reconstruam o teatro, assim como ocorreu com o "The Globe", uma recriação do teatro original que se encontra às margens do Rio Tâmisa.

O diretor da Royal Shakespeare Company, Michael Boyd, disse hoje que esse descobrimento é "inspirador" e que "desejava tocar o barro e as pedras para sentir a presença de um espaço onde as primeiras obras de Shakespeare causaram um grande impacto".

A Plough Yard Developments, a empresa de construção proprietária do terreno onde os escombros do teatro foram encontrados, revelou que esperam poder trabalhar em parceria com o Museu Arqueológico de Londres, especialistas em Shakespeare e autoridades locais para possibilitar o acesso do público às escavações. Para a empresa, o ideal seria elaborar um novo projeto urbanístico em torno do local. 

"O final do século 16 foi um tempo de uma corrida armamentista teatral em Londres", disse Heather Knight, líder da equipe de arqueologia. "Os proprietários destes edifícios estavam fazendo melhorias para atrair clientes. Portanto, a chance de olhar para o mais antigo destes edifícios (o teatro), e aquele que teve a mais longa vida, é uma oportunidade real." 

*com informações de Agências Internacionais. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo