Entretenimento

"Viradão Carioca" registra público de 300 mil pessoas durante o fim de semana

Zulmair Rocha/UOL
Gusttavo Lima faz seu primeiro show no Rio de Janeiro para cerca de 50 mil pessoas no encerramento do Viradão Carioca (6/5/2012). O músico tirou a camisa, dançou com fã e cantou o hit "Balada Boa" durante a apresentação Imagem: Zulmair Rocha/UOL

Rodrigo Teixeira

Do UOL, no Rio

07/05/2012 08h11

Com um público total de 300 mil pessoas, a quarta edição do “Viradão Carioca”, que terminou neste domingo (6), superou os números e 2011, de acordo com a Riotur. Foram três dias de atrações nos quatro palcos montados no Rio de Janeiro.

O público diversificado lotou todos os palcos e aproveitaram os três dias de programação, com mais de 60 atrações, de norte a sul da capital fluminense.

Na manhã deste domingo (6), a criançada tomou conta da Quinta da Boa Vista. Um público de 20 mil pessoas acompanhou o musical infantil “Galinha Pintadinha”, e a trupe do Palhaço Topetão. Mas foi o cantor Gusttavo Lima que movimentou cerca de 50 mil pessoas durante o seu show no mesmo local à noite.

O secretário de Turismo e presidente da Riotur, Antonio Pedro Figueira de Mello, comemorou o público do evento.  “Foi muito bom ver a Quinta tomada por famílias e a alegria das crianças. Fizemos o Viradão Carioca com atrações para todos os gostos. Ontem, este mesmo local recebeu um público para curtir as bandas de heavy metal. Foram cerca de trinta mil pessoas vestidas de preto e curtindo o som mais pesado de todo o festival”, disse o secretário.

Se no sábado (5), na Quinta da Boa Vista predominou o rock, o palco montado na Praça das Juras, em Bangu, zona oeste do Rio, foi mais eclético. Teve do pop rock de Lulu Santos e do tremendão Erasmo Carlos, que comemorava 50 anos de carreira, ao funk dos Hawaianos e ao kuduro da cantora angolana Titica. A mistura agradou mais de 40 mil pessoas.

No Arpoador, Rogê e Mulheres de Chico criaram o clima para cinco mil pessoas curtirem a chegada do Kid Abelha, que comemorou 30 anos de carreira ao som dos antigos sucessos da banda.

Na sexta (4), dia de abertura, estima-se que cinco mil pessoas estiveram no Arpoador para o tributo ao Clube da Esquina e ao show do Baia, enquanto mais de 20 mil prestigiaram Luan Santanna na Quinta da Boa Vista e outras 35 mil pessoas curtiram a festa comandada por Arlindo Cruz, Monobloco e MV Bill em Bangu, que teve abertura feita, ao som do funk, pela Batalha do Passinho.

Além das atrações programas, neste domingo (6) os palcos transmitiram a final do Campeonato Carioca. Muita gente estava com a camisa do seu time de coração.

Mau cheiro nos banheiros
Os banheiros químicos destinados ao público e distribuídos pelo palco Bangu não foram suficientes. Apresentavam um cheiro desagradável e a espera na fila ultrapassava os 25 minutos. O problema do mau cheiro também ocorreu nos palcos localizados na Quinta da Boa Vista, na zona norte, e no Arpoador, na zona sul do Rio.

Segurança
Os postos médicos registraram um movimento tranquilo e nenhum caso grave foi atendido nos dias do evento. A Polícia Militar reforçou o policiamento e garantiu a ordem com o apoio da Guarda Municipal.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo