Topo

Entretenimento

Cheque que pagou a criação do personagem Super-Homem vai a leilão

AP Photo/ComicConnect.com
Na imagem cheque enviado para os criadores de "Superman", Jerry Siegel e Joe Schuster, em 1938. Este primeiro cheque viabilizou o caminho para livros, rádio, televisão e filmes sobre o personagem Imagem: AP Photo/ComicConnect.com

Do UOL, em São Paulo*

26/03/2012 20h51

Depois de ter sido emitido pela DC Comics há sete décadas, o cheque remetido para Jerry Siegel e Joe Shuster para a criação do personagem Super-Homem será leiloado. O valor de $412 mostra alguns serviços prestados pelos ilustradores, mas foram $130 que foram pagos para dar origem ao homem de Krypton. Com lance inicial de $1, o cheque já vale R$12.500. 

Stephen Fishler, CEO da Comic Connect.com, que organiza o leilão, disse que o cheque é um marco para a indústria de quadrinhos, pois representa o lançamento da Idade de Ouro dos super-heróis. "É um importante documento histórico. Há uma qualidade de sonho americano ali, de criar algo e ser bem sucedido. Obviamente neste caso existem duas partes que dão a sensação de que eles estavam certos". As duas partes a que Fishler se refere é a disputa de direitos autorais que ainda é discutida em relação a autoria do personagem. 

A primeira aparição do Super-Homem foi na "Action Comics", de 1º de abril de 1938. O cheque foi salvo por um ex-funcionário da empresa na década de 70, depois de passar 38 anos em uma gaveta. "Esses $130 criaram essencialmente uma indústria de bilhões de dólares", disse o sócio de Stephen, Vincent Zurzolo. "Se não fosse por Superman, não existiria Batman, Mulher Maravilha, Homem Aranha, X-Men ou qualquer personagem que veio a existir. O conceito de herói nasceu com Superman." 

*Com informações da AP. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento