Entretenimento

Ícone do expressionismo abstrato, Jackson Pollock completaria 100 anos neste sábado

Martha Holmes/Revista
O pintor norte-americano Jackson Pollock Imagem: Martha Holmes/Revista"Life"

Do UOL, em São Paulo

28/01/2012 06h00

Um dos maiores nomes do expressionismo abstrato, o pintor norte-americano Jackson Pollock completaria 100 anos neste sábado.

Casado com a também pintora Lee Krasner, Pollock começou a usar tinta liquida em 1936. Ele desenvolveu uma técnica chamada "dripping", em que deixava a tinta respingar nas telas. Dispensando o cavalete, ele começou a deixar seus quadros no chão e pintava de pé, de maneira a "entrar" nas obras.

"Quando eu estou dentro da minha pintura, eu não estou ciente de que estou fazendo. É só depois de uma espécie de "período de conhecimento" que eu vejo o que estou fazendo. Não tenho medo de fazer mudanças, destruir a imagem, porque a pintura tem uma vida própria", disse.

Após 1950, no auge da fama, Pollock abandonou a técnica de "dripping". Ele começou a usar cores mais escuras em seus trabalhos, e sua dependência de álcool aumentou.

Jackson Pollock morreu em 11 de agosto de 1956, aos 44 anos, vítima de acidente de um carro após dirigir alcoolizado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo