Entretenimento

"De cada cinco textos atribuídos a mim na internet, ao menos quatro não fui eu que escrevi", diz Verissimo à revista "Playboy"

Marcelo Curia/Divulgação
Luis Fernando Verissimo é fotografado durante entrevista para a "Playboy" de dezembro Imagem: Marcelo Curia/Divulgação

Da Redação

06/12/2011 10h33

Luis Fernando Verissimo afirma que de cada cinco textos atribuídos a ele na internet, ao menos quatro não foi ele que escreveu. O escritor faz essa e outras declarações em entrevista à revista “Playboy” de dezembro. Aparentemente “dono” de quatro contas no Twitter, ele garante que nenhuma delas é verdadeira e que não está em nenhuma das redes sociais que ultimamente são febre entre os brasileiros.

Famoso por suas crônicas de humor, Verissimo afirma que vê as novas tecnologias como fatores que impulsionam o sucesso da nova geração de escritores e humoristas, mas diz não aprovar o vale-tudo no humor. “Mas o que não vale deve ser uma decisão pessoal. E o leitor ou espectador tem sempre a opção de não ler ou não ver aquilo que o ofende”, afirma.

Verissimo conta que escreve para três grandes jornais do país e muitas vezes discorda da postura política desses veículos. “O politicamente correto acabou com certos estereótipos, mas não podemos chegar ao ponto de chamar anão de ‘cidadão verticalmente prejudicado’”, argumenta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo