Entretenimento

Sheila Mello fala sobre "batismo" de Zé Celso e sua experiência com Gil Vicente no teatro

Divulgação
Sheila Mello participa do Bate-papo UOL Imagem: Divulgação

ESTEFANI MEDEIROS
Da Redação

30/08/2011 20h51

Famosa como loira do grupo É o Tchan, ex-participante de "A Fazenda" e mulher de Fernando Scherer, o Xuxa, Sheila Mello está em cartaz com sua nona peça no teatro, uma versão do clássico de Gil Vicente, "Auto da Barca do Inferno". Assumindo cada vez mais o papel de atriz, Sheila também se prepara para o espetáculo "Três Possibilidades", que estreia em setembro. 

Em entrevista ao UOL, Sheilla -  que agora é morena - fala um pouco sobre sua carreira nos palcos e o que aprendeu nos últimos anos atuando. 

UOL Entretenimento: Quando surgiu seu interesse em atuar? 
Sheila Mello: Minha primeira peça de teatro foi "Dois Quartos de Motel", quando ainda não tinha me formado na cia de teatro. Depois da formação, peguei gosto e fiz mais sete peças, hoje ao todo são nove. Sempre fui apaixonada pelo palco. Também participei de um curta que foi premiado no Festival de Gramado e da novela Ribeirão do Tempo. 

UOL Entretenimento: Você lembra do seu primeiro contato com Gil Vicente? 
Sheila Mello: Acho que como todo mundo, foi nova, ainda na escola. Mas depois que você lê o texto mais velho, fica mais claro, dá pra entender melhor. Redescobri Gil Vicente. Foi muito bacana o processo de mesa que fizemos com o texto. 

UOL Entretenimento: Volta ainda esse ano pras novelas?
Sheila Mello: 
Meu contrato com a Record tem espaço pra uma dramaturgia. Mas ainda devo pegar novela lá, não dá pra ficar só recebendo. Só não sei em quanto tempo. Esse ano estou me dedicando mais ao teatro. Nos últimos dois meses ensaiei as duas peças ao mesmo tempo. Temos planos de levar o projeto pra outros teatros em São Paulo. 

UOL Entretenimento: Tem algum diretor que gostaria de trabalhar? 
Sheila Mello:
  Esse diretor [do espetáculo "Três Possibilidades"], Eduardo Martini, é um diretor que sempre quis trabalhar, aprender com ele. Tem um que já não sei se teria coragem de trabalhar, por causa da nudez, que é o Zé Celso. Ele tem esse jeito de fazer críticas à sociedade que as pessoas não entendem, mas acho ele gênio. Uma vez o encontrei, ele tava com uma bata, aquele cabelo, veio por trás de mim e falou: "Vai entrar pro teatro? Então entra pro teatro, entra pro teatro". E eu pensando: 'gente, o que é isso?" (risos). 

UOL Entretenimento: O que você colocaria na sua barca do inferno? E na barca da Glória? 
Sheila Mello: Na da glória acho que colocaria, amigos, família, relações humanas, verdadeiras, ia ter que ser uma barca de Noé (risos). Não gosto de gente que gosta de ver o circo pegar fogo, políticos... Esses eu quero que fiquem direto no inferno.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo