Entretenimento

Musical rende a José Mayer indicação a tradicional prêmio de teatro do Brasil

Marcos Michael /Folha Imagem
José Mayer em entrevista no Rio, em julho de 2011 Imagem: Marcos Michael /Folha Imagem

Da Redação

03/08/2011 15h56

O ator José Mayer concorre ao 24º Prêmio Shell de Teatro, por sua atuação no musical "Um Violinista no Telhado". A indicação, anunciada nesta quarta-feira (3), é referente aos espetáculos que estrearam no primeiro semestre de 2011 no Rio de Janeiro.

O espetáculo de Mayer, adaptação brasileira da dupla Charles Möeller e Claudio Botelho para o musical clássico da Broadway, foi indicado também na categoria Música.

A peça “Crônica da Casa Assassinada”, adaptação do livro de Lúcio Cardoso que fala sobre a decadência de uma tradicional família mineira, lidera as indicações.

Os selecionados desta etapa do prêmio, que existe desde 1989, concorrem junto aos anunciados em lista que será divulgada no início de 2012, referente aos espetáculos do segundo semestre. Os vencedores ganham R$ 8 mil cada.

Veja abaixo os concorrentes desta primeira etapa no Rio.


Autor
Felipe Rocha por “Ninguém Falou que Seria Fácil”   
Pedro Bricio por “Me Salve, Musical”

Direção
Daniel Herz por “Adultério”
Gabriel Villela por “Crônica da Casa Assassinada”  

Ator
Charles Fricks por “O Filho Eterno”
Gilberto Gawronski por “Ato de Comunhão”
José Mayer por “Um Violinista no Telhado”

Atriz
Debora Olivieri por “Rosa”
Letícia Isnard por “A Estupidez”

Cenário
Fernando Mello da Costa por “Um Coração: Fraco”
Lipiani e Lídia Kosovski por “Cozinha e Dependências – Um Dia Como os Outros”
Márcio Vinícius por “Crônica da Casa Assassinada”

Figurino
Flavio Graff por “Outside: Um Musical Noir”
Gabriel Villela por “Crônica da Casa Assassinada”

Iluminação
Aurélio de Simoni por “O Filho Eterno”
Domingos Quintiliano por “Crônica da Casa Assassinada”

Música
André Aquino e João Bittencourt por “R&J de Shakespeare, juventude interrompida”
Marcelo Castro por “Um Violinista no Telhado”

Categoria especial
-Marcia Rubin pela direção de movimento dos espetáculos “Escola do Escândalo”, “O Filho Eterno” , “A Lua Vem da Ásia” e “Outside: Um Musical Noir”
-Teatro do Pequeno Gesto pela publicação da revista Folhetim dedicada a Nelson Rodrigues e sua manutenção ao longo de 13 anos

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo