Entretenimento

Premiado escritor Philip Roth diz que não lê mais nada de ficção

Eric Thayer/Reuters
O escritor norte-americano Philip Roth em Nova York (15/09/2010) Imagem: Eric Thayer/Reuters

Da Redação

27/06/2011 17h51

O autor de "O Complexo de Portnoy", o norte-americano Philip Roth, disse em entrevista ao jornal "The Financial Times", publicada na última sexta-feira (24), que não lê mais ficção. "Leio outras coisas: história, biografia. Eu não tenho mais o mesmo interesse em ficção que já tive", revelou Roth.

Questionado sobre o motivo de sua falta de interesse nas invenções literárias alheias, o autor disse: "Não sei. Eu caí na real..."

Philip Roth é o vencedor do prestigioso prêmio Man Booker International, que será entregue em cerimônia em Londres nesta terça-feira (28).

Quando o prêmio foi anunciado, o presidente do júri, Rick Gekoski, disse: "Sua carreira é impressionante pelo fato de ter começado em alto nível e não deixou de melhorar. Com 50, 60 anos, quando a maioria dos romancistas começa a declinar, escreveu uma série de romances da máxima qualidade."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo