Entretenimento

Criador do Teatro de Arena, Renato José Pécora morre aos 85 anos em São Paulo

Folhapress
Renato José Pécora (de óculos, à direita), acompanha a construção e criação do Teatro de Arena em São Paulo (24/11/1954) Imagem: Folhapress

Da Redação

02/05/2011 12h44Atualizada em 02/05/2011 13h25

O ator e diretor de teatro Renato José Pécora morreu na madrugada desta segunda-feira (2), aos 85 anos, vítima de um enfarte, em São Paulo. Fundador e idealizador do Teatro de Arena na capital paulistana, Pécora dirigiu peças como “Eles não Usam Black-Tie”, primeiro texto de Gianfrancesco Guarnieri, e “Revoluções na América do Sul”, ambas reconhecidas por introduzir textos nacionalistas no teatro brasileiro.

José Renato, como era conhecido pelos amigos, ficou uma década longe dos palcos e atualmente se apresentava como ator no espetáculo “12 Homens e uma Sentença”, no Teatro Imprensa. Colega de elenco, o ator Oswaldo Mendes conta, por meio de um comunicado à imprensa, como se despediu de Pécora: “Após a sessão de domingo, me despedi do Zé, na porta do Teatro Imprensa, e ainda brincamos que por pouco não viajaríamos juntos para o Rio, onde tenho um compromisso de trabalho nesta segunda à tarde e na manhã de terça-feira. Minha viagem já estava marcada para a manhã de hoje, segunda. Ele preferia sempre viajar à noite para amanhecer no Rio. Desta vez, um enfarte interrompeu sua viagem e seus muitos planos de trabalho”. 

Mendes também fala sobre a última apresentação de Pécora: “Na sessão deste domingo, ele trocou uma palavra do seu texto, que só o elenco percebeu. Em vez de dizer ‘o velho queria um pouco de atenção’ ele disse: ‘o velho queria um pouco mais de tempo’. Pois é, tanto ele como todos nós queríamos um pouco mais de tempo para o nosso encontro. Não fomos atendidos. Fica em nós a saudade, que dói demais. Mas fica também a certeza de que José Renato marcou definitivamente o teatro brasileiro - e, em particular, marcou a vida e o caminho de cada um de nós". 

No fim da tarde desta segunda-feira, a ministra da Cultura Ana de Hollanda divulgou nota de pesar na qual disse que "a perda de Zé Renato é de uma dimensão indescritível do ponto de vista humano e cultural".

O velório do diretor acontece nesta segunda-feira (2) a partir das 17h no Teatro de Arena, em São Paulo (rua Teodoro Baima, 94 - Vila Buarque). O corpo de Pécora será enterrado na terça pela manhã no cemitério do Morumbi. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo