Entretenimento

Fãs do universo dos quadrinhos se reúnem em versão britânica da Comic-Con

ILANA REHAVIA
Colaboração para o UOL
Em Londres

10/04/2011 12h00

Batmans, Robins, Super-Homens, Coringas e Arlequinas invadiram neste sábado (9) o norte de Londres para a convenção de quadrinhos Kapow! Comic Con.

Apesar de estar apenas em sua primeira edição, o evento conseguiu esgotar os dez mil ingressos disponibilizados para o final de semana e atrair nomes importantes do universo dos quadrinhos - e dos filmes e programas de televisão que transformaram o mundo dos super-heróis e vilões em uma indústria multimilionária.

Criada com a missão de trazer para a Europa o mundo das convenções norte-americanas, a Kapow! quer seguir o caminho de convenções como a Comic-Con de San Diego, que reúne mais de cem mil pessoas e virou parada obrigatória na promoção de filmes de Hollywood.

Potencial

A versão inglesa ainda é bem mais modesta se comparada a eventos com décadas de estrada, mas tem grande potencial segundo os verdadeiros especialistas, os fãs que seguem este tipo de convenção pelo mundo.

 “Ainda há muito chão para chegar ao nível do que se vê nos Estados Unidos, mas se a ideia era trazer o clima de lá para Londres eles fizeram um ótimo trabalho”, diz o artista gráfico e aficionado em quadrinhos Anthony Daniell. Veterano das Cons, ele já foi a San Diego e Nova York, além de vários eventos pequenos na Inglaterra.

“Por ainda não ser enorme, a convenção de Londres ainda é mais intimista. Isso é uma vantagem para quem veio mostrar seu trabalho a artistas consagrados”, diz ele, que pretende trazer seus desenhos para serem avaliados na edição do ano que vem.

Um dos grandes atrativos são as sessões de feedback com representantes e artistas de editoras como Marvel e DC. Os cartunistas e escritores que sonham em seguir os passos de astros do gênero como Stan Lee, Jack Kirby e Frank Miller têm nessas breves conversas uma chance muitas vezes única receber conselhos de quem já chegou lá.

  • Ilana Rehavia / UOL

    Mascote promove loja de doces local, uma das parceiras da Kapow! Comic Con (09/04/2011)

Gente como o “embaixador” do evento, Mark Millar, considerado hoje o maior nome britânico no mundo dos quadrinhos. São deles as histórias que deram origem aos filmes de enorme sucesso "Kick-Ass – Quebrando Tudo e O Procurado".

Bilheterias

São exatamente os filmes e programas inspirados nos quadrinhos que levam esse universo para um público cada vez mais amplo e um novo tipo de fã vai surgindo na por causa de sucessos das telas.

O público – em grande parte feminino -- do programa de "Merlin", da rede inglesa BBC, não saiu decepcionado. “Estamos animadas para ver de perto os atores do programa”, conta a adolescente Bethany, que passou quase uma hora na fila para pegar autógrafos do elenco. “Somos loucas por 'Merlin'”, diz a amiga Gema, que não costuma ler quadrinhos e nunca havia ido a um evento do tipo.

Outra grande atração do dia da Kapow! foi o painel do filme "Thor", dirigido pelo inglês Kenneth Branagh, que contou com a presença dos atores Chris Hemsworth e Tom Hiddleston. Cenas inéditas do aguardado "Lanterna Verde" também fizeram uma aparição especial e longas filas se formaram diante do diretor dos blockbusters "Contra o Tempo" e "Moon", Duncan Jones (filho do cantor David Bowie) que respondeu a perguntas e assinou pôsteres para os admiradores.

Oportunidades

Mas não são só os grandes nomes da indústria que fazem o sucesso de eventos desse tipo. Para artistas independentes, pequenas lojas de quadrinhos e vendedores de produtos temáticos, essa é uma ótima oportunidade de divulgar seu trabalho.

  • Ilana Rehavia / UOL

    Adolescentes fãs da série de TV "Merlin" na Kapow! Comic Con, em Londres (09/04/2011)

Para quem visita, é a chance de conhecer os próximos grandes nomes do mercado e comprar por uma pechincha um desenho que um dia pode valer uma pequena fortuna. “Estou lançando aqui meu primeiro trabalho, a revista em quadrinhos "Sabre”, diz o escritor e desenhista Wayne Hughes.

Ele conhece seu público e sabe que está diante de críticos exigentes, e comemora o feedback positivo que vem recebendo durante o dia. “É uma injeção de autoconfiança receber a aprovação dos leitores”, diz.

No Guinness

E um recorde fechou em grande estilo o primeiro dia da convenção. Sob o olhar atento de representantes do Guinness World Records, dezenas de artistas conseguiram a façanha de criar uma revista em quadrinhos no menor tempo e com o maior numero colaboradores até hoje. 

As 20 páginas foram produzidas entre as 11 e as 18h30 por mais de 50 pares de mãos. Baseado no personagem Superior, criado originalmente por Mark Millar e Leinil Yu, a revista será distribuída pela editora Marvel, com os lucros revertidos para uma instituição de caridade.

 “Foi um evento criado por gente de quadrinhos para gente que ama quadrinhos”, resumiu o experiente Daniell  antes de deixar a convenção em direção ao pub. O evento, afinal, acontece em Londres.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo