Topo

Entretenimento

Desenho perde status de 'obra menor' e ganha mostras em São Paulo

MARIO GIOIA<br>Colaboração para o UOL

26/03/2011 07h00

“Desenhos são, na maioria das vezes, objetos de papel e alguns acreditam que desenhar é a tarefa mais rápida da arte. Mas a arte deve muito ao ‘quase nada’ e desenhos permanecem como sorrisos indo, desprevenidos, em direção ao esquecimento”, escreve o artista carioca Waltercio Caldas no livro “Disegno. Desenho. Desígnio” (organizado por Edith Derdyk para a editora Senac). Por vezes desprezado como linguagem da arte contemporânea, hoje o desenho vive um claro momento de valorização no circuito paulistano, como atestam quatro exposições em cartaz atualmente na cidade.

“Realidades – Desenho Contemporâneo Brasileiro”, até em seu título, ambiciona ser um painel amplo da produção de artistas em evidência na cena contemporânea de São Paulo e que utilizam o desenho com parte importante de sua obra. “A minha principal motivação em realizar uma exposição sobre desenhos partiu da observação acerca do potencial dessa mídia, pois, ainda que diversos artistas tenham como consequência final um trabalho em outro formato, geralmente o desenvolvimento de suas ideias e projetos passa pelo desenho”, afirma Nazareno Rodrigues, curador da mostra e também artista que tem no desenho sua principal linguagem.

Entre os artistas exibidos nos espaços expositivos do Sesc Pinheiros, estão Marcius Galan, presente na mais recente edição da Bienal de São Paulo, Marcelo Moscheta, vencedor do júri popular da primeira edição do Prêmio Pipa, Rodrigo Bivar e Mariana Palma, famosos por suas pinturas, Felipe Cohen, Nino Cais, Fernanda Chieco e Fabio Flaks, entre outros.

“Interessava-me mostrar uma pesquisa onde estruturas de adensamento em sua fatura, variedade de materiais e procedimentos (tais como colagem, recorte, conceitos, tempo, distintos suportes, escala etc...) estivessem presentes”, explica o curador. “No caso dessa mídia, acho que o que aparece em questão é uma revalorização do fazer artístico, da presença da ‘mão do artista’ como ato formador/criador num momento onde se convive também com uma incrível diversidade de outras mídias e facilidades em termos de produção.”

Mas não apenas o grafite sobre papel é apresentado em “Realidades”. Até vídeos, como “Guia de Medidas”, de Fernanda Figueiredo e Eduardo Mattos, são exibidos. “Nessa obra, existe uma riqueza incrível de conteúdo, pois se aborda o fato deles serem um casal, de trabalharem juntos, de se mostrarem numa ação investigativa, entre outras questões”, diz Rodrigues. Ele também destaca como um desenho menos usual “Cachoeira 9”, de Vanderlei Lopes, “que trabalha com pólvora para representar a imagem de uma cachoeira”.

Num cubo de concreto

Moscheta, presente em “Realidades”, tem no desenho sua principal linguagem de expressão na individual “Atlas”, que segue em cartaz até o dia 2 de abril na galeria Leme. "Escolhi o desenho pois penso por meio dele", diz o artista residente em Campinas, interior de São Paulo. 

“O desenho tem uma velocidade e uma transparência incomuns, é mais direto e objetivo”

Rodolpho Parigi, artista visual

O artista tem feito mostras com bastante frequência. Além da individual no MAM Rio por conta do Prêmio Pipa, de “Realidades” e de “Atlas”, podem ser citadas nos meses recentes uma individual no Centro Universitário Maria Antonia, a participação na coletiva “Ponto de Equilíbrio”, no Instituto Tomie Ohtake, e a Paralela 2010. 

Na mesma galeria, mas no espaço expositivo em frente, um estúdio, Henrique de França estreia em individual no circuito de galerias. Em um local que se assemelha a um galpão, o artista paulistano arriscou na montagem da mostra, com desenhos exibidos como cartazes, em alturas e locais diversos.

França destaca o caráter sintético de sua produção. “O desenho, no meu caso, permite uma instantaneidade na elaboração da mensagem, uma vez que não utilizo esboços ou estudos preparatórios; começo um trabalho no próprio papel onde ele será finalizado.”

Contemporaneidade forte

Em “Fim da Primeira Parte”, individual que segue até o próximo dia 9 na galeria Vermelho, João Loureiro apresenta uma grande variedade de desenhos, o que surpreende o visitante que conhecia suas ambiciosas peças tridimensionais, apresentadas em espaços como o MAM-SP e a Pinacoteca do Estado.

“O desenho sempre foi a base do meu trabalho, a atividade diária em que interesses são pensados e assimilados. Muitas das projeções feitas ali se tornam instalações, objetos, fotografias ou animações”, conta ele, que concebeu a mostra junto com o curador Carlos Eduardo Riccioppo. “Mostrá-los foi um jeito de dar a ver o repertório que forma e ampara o resto dos meus trabalhos e, ao mesmo tempo, expor uma parte importante da produção que é menos mediada.”

Para Rodolpho Parigi, famoso por suas pinturas de grandes proporções, o desenho foi fundamental na composição de “Atraque”, individual encerrada na galeria Nara Roesler no último dia 23. “Para mim, o desenho é a estrutura e o esqueleto do meu pensamento, nesta exposição resolvi mostrar os desenhos como obra e não mais como estudo para a pintura”, declara ele. “O desenho tem uma velocidade e uma transparência incomuns, é mais direto e objetivo.”


REALIDADES – DESENHO CONTEMPORÂNEO BRASILEIRO

Quando: de ter. a sex., das 10h30 às 21h30, e sáb., dom. e feriados, das 10h30 às 18h30; até 27/3
Onde: Sesc Pinheiros (r. Paes Leme, 195, tel. 3095-9400); livre
Quanto: entrada franca

MARCELO MOSCHETA/HENRIQUE DE FRANÇA

Quando: de seg. a sex., das 10h às 19h, e sáb., das 10h às 17h; até 2/4
Onde: galeria Leme (r. Agostinho Cantu, 88, tel. 3814-8184); livre
Quanto: entrada franca

JOÃO LOUREIRO

Quando: de ter. a sex., das 10h às 19h, e sáb., das 11h às 17h; até 9/4
Onde: galeria Vermelho (r. Minas Gerais, 350, tel. 3138-1520); livre
Quanto: entrada franca

“Desenhos são, na maioria das vezes, objetos de papel e alguns acreditam que desenhar é a tarefa mais rápida da arte. Mas a arte deve muito ao ‘quase nada’ e desenhos permanecem como sorrisos indo, desprevenidos, ","image":"","date":"21.05.2013 16h04","kicker":"Da Redação"}}' cp-area='{"xs-sm":"49.88px","md-lg":"33.88px"}' config-name="entretenimento/entretenimento">

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Colaboração para o UOL"},"click":{"mediaName":"Notícia","source":"https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2011/03/26/desenho-perde-status-de-obra-menor-e-ganha-mostras-no-circuito-de-arte-de-sp.htm"}}}' cp-area='{"xs-sm":"230px","md-lg":"128px"}' config-name="entretenimento/entretenimento">