Entretenimento

Arte no contexto da ditadura militar é tema de mostra em SP

Divulgação / Cortesia MAC USP
Obra "Uma Confissão" (1971), de João Câmara Filho, que participa da mostra no MAC USP Imagem: Divulgação / Cortesia MAC USP

Da Redação

02/10/2010 14h23

O MAC USP acaba de inaugurar uma mostra com 164 obras feitas no contexto da ditadura militar (1964-1985). "Um Dia Terá que Ter Terminado 1969/74", que segue em cartaz até 6 de março de 2011, é o segundo de uma série de três eventos que investigam o acervo do museu por este viés.

A presente exposição, que chega depois de "Entre Atos 1964/68", reflete a produção artística nos anos mais cruéis do regime, exibindo obras de Sérgio Ferro, Julio Plaza, Regina Silveira, Claudio Tozzi, Vera Chaves Barcellos, Artur Barrio, Gabriel Borba, Maurício Fridman e Cristiano Mascaro, entre outros. A curadoria é de Ana Magalhães, Cristina Freire e Helouise Costa, docentes da Divisão de Pesquisa em Arte, Teoria e Crítica do MAC USP.

O museu foi fundado em abril de 1963, um ano antes do golpe militar. Em "Um Dia Terá que Ter Terminado 1969/74", é abordado o papel da instituição no processo de desenvolvimento de uma rede de arte postal que rompeu os bloqueios impostos pela ditadura vigente. Um dos destaques é a obra "São Sebastião (Marighella)", de Sérgio Ferro, considerada emblemática para representar o papel do museu naqueles anos. Em correspondência endereçada ao diretor Walter Zanini, o artista, na iminência de partir para o exílio, solicita que sua obra seja protegida pelo MAC USP e manifesta sua esperança de que a ditadura chegue ao fim, usando a frase que dá título à mostra.


"UM DIA TERÁ QUE TER TERMINADO 1969/74"
Quando:
até 6 de março de 2011. De terça a domingo, das 10h às 18h
Onde: MAC USP Ibirapuera (pavilhão Ciccillo Matarazzo, 3º piso, prédio da Bienal --entrada pela rampa lateral)
Quanto:
grátis
Informações:
0/xx/11/5573-9932 e site do MAC USP.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo