PUBLICIDADE
Topo

Intervenção de pichadora da Bienal é cancelada em mostra de rua

Da Redação

23/09/2010 12h41

A intervenção que Caroline Pivetta, jovem presa em 2008 após pichar o andar vazio da 28ª Bienal, faria na "Street Biennale" esta quinta-feira (23) foi cancelada. "Por enquanto, vamos deixar isso de lado", disse na manhã de hoje o curador da mostra, o francês Jeremy Planchon, sem dar maiores detalhes.

A obra que seria pichada é um painel do também francês Mohamed Borouissa. Pivetta foi convidada para ser madrinha da festa de abertura da exposição, que ocorreu na noite desta quarta-feira (22).

A "Street Biennale" é uma mostra de rua que tem participação de sete artistas, que ao longo de um mês exibirão 14 trabalhos em fachadas de prédios da região central de São Paulo.