PUBLICIDADE
Topo

Mostra em SP reúne ilustrações criadas em computador

Detalhe de "Devil in Letterman", do quadrinista Dan Goldman, que brinca com a figura do apresentador David Letterman - Divulgação / Cortesia 3M do Brasil
Detalhe de "Devil in Letterman", do quadrinista Dan Goldman, que brinca com a figura do apresentador David Letterman Imagem: Divulgação / Cortesia 3M do Brasil

Da Redação

17/08/2010 09h00

Trabalhos desenvolvidos para grandes estúdios de cinema e TV --como Warner e HBO--, além de jornais internacionais, tais como "New York Times" e "The Guardian", estão reunidos na "Mostra 3M de Arte Digital", que abre nesta terça-feira no Centro Histórico Mackenzie, em São Paulo. Além dela, um ciclo de palestras inaugurado pelo editor da Taschen, Julius Wiedemann, (dia 17, às 19h) completa a programação.

Para a mostra foram selecionados 10 artistas que têm o computador como plataforma de sua arte e que em sua maioria trabalham no mercado como freelancers. A norte-americana Molly Crabapple, considerada uma das principais ilustradoras da nova geração, é um dos destaques com suas ilustrações de temas burlescos em estilo vitoriano. Outra presença internacional é Dan Goldman. O quadrinista, que reside no Brasil, ficou conhecido por "Shooting War", história sobre um videoblogueiro que vira sensação após ser enviado para cobrir a guerra no Iraque. Entre as obras apresentadas por Dan está a caricatura do jornalista norte-americano David Letterman denominada “Devil in Letterman”.

Na mostra, cada artista selecionado apresenta três trabalhos, que serão expostos em monitores LCD e computadores. O público também poderá testar suas habilidades numa mesa digital analógica, que permite produzir ilustrações e digitalizá-las.

  • Divulgação / Cortesia 3M do Brasil

    Ilustração da norte-americana Molly Crabapple, um dos destaques da mostra

Coletivos
Participam da exposição dois coletivos: o Animatório, que trabalha com as mais diversas técnicas de animação, e o Nitroglicerina, que combina design gráfico e animação para o desenvolvimento de projetos de motion design. Atuando em diversas áreas, o grupo traz para a mostra uma peça criada para a o lançamento do seriado “Fringe”, da Warner Channel, e as aberturas de “Planet Hulk”, criado para a Marvel Comics, e do “Programa A2”, novo quadro da apresentadora Penélope Nova, na MTV Brasil.

Jovens ilustradores e artistas gráficos brasileiros também integram a mostra. Entre eles, o mineiro Eduardo Recife, ilustrador que já trabalhou para o "The New York Times", "The Guardian", HBO e  Warner.

Recife apresenta três ilustrações autorais que caracterizam seu trabalho. Já o gaúcho Everson Nazari, mais conhecido como Indio San, exibe uma ilustração autoral, chamada “Febre”, além de duas feitas para o mercado publicitário.

Destaque também para o designer Flávio Bernardes, que mantém o portifólio virtual “F de Flavio” e mostra na exposição três ilustrações autorais. Com um trabalho mais voltado para a programação digital, Dimitre Lima apresenta suas obras em um computador. Já o diretor de arte Nelson Balaban mostra uma ilustração autoral, além de uma capa de catálogo de 2009 e uma ilustração para o estilista Jefferson Kulig. Fechando a lista está o designer Raul Teodoro, que trabalha como diretor de arte e criação em plataformas digitais.

Paralelamente, alguns nomes foram selecionados para realizar um ciclo de palestras sobre arte digital. Além de Julius Wiedemann, editor da Taschen, artistas como Molly Crabapple, Nelson Balaban, Índio e Flavio Bernardes estão entre os convidados.


1ª MOSTRA 3M DE ARTE DIGITAL
Quando:
de 18 de agosto a 2 de outubro de 2010
Onde: Centro Histórico Mackenzie (rua Itambé, 45 --prédio 1--, Higienópolis, São Paulo-SP; de segunda a sexta, das 9h às 19h. Abertura especial nos dias 25/9 e 2/10, das 9h às 17h)
Quanto: Grátis
Informações: 0/xx/11/2114-8661 (palestras têm vagas limitadas; reservas no telefone 0/xx/11/3841-2520)