PUBLICIDADE
Topo

Vik Muniz expõe cópias do verso de obras famosas na Fortes Vilaça (SP)

Cópia do verso da obra "Les Demoiselles d"Avignon", de Pablo Picasso. Trabalho de Vik Muniz está na mostra "Verso", na Galeria Fortes Vilaça (SP) - Cortesia Museum of Modern Art - MoMA/NY
Cópia do verso da obra "Les Demoiselles d'Avignon", de Pablo Picasso. Trabalho de Vik Muniz está na mostra "Verso", na Galeria Fortes Vilaça (SP) Imagem: Cortesia Museum of Modern Art - MoMA/NY

Da Redação

28/07/2010 09h00

Reproduzir o verso de obras célebres, como "Les Demoiselles d’Avignon", de Picasso, "Starry Night", de Van Gogh, e "La Grande Jatte", de Seurat, e, assim, tentar nos aproximar de suas histórias particulares. Esta é a proposta da mostra "Verso", de Vik Muniz, que a Galeria Fortes Vilaça (SP) inaugura nesta quinta-feira (29/7). A mostra oferece oito peças tridimensionais, de tamanhos e mídias variadas.

O trabalho é fruto de um processo que durou seis anos. Neste período, Muniz fotografou e estudou grandes obras com a ajuda da equipe e curadores e de conservação de instituições como MoMA (Nova York), Guggenheim (Bilbao) e Art Institute (Chicago), além de um time especializado de artesãos, artistas, falsificadores e técnicos.

Ao entrar na sala, tem-se a impressão de que a exposição está em montagem --os quadros estão no chão, encostados na parede. Um olhar mais atento revela então os autores e os títulos das obras, e traz a certeza de que aquelas obras não poderiam estar ali, já que pertencem a coleções de museus importantes do Brasil e do mundo. A série "Verso" força o espectador a imaginar as obras somente de posse das cópias das etiquetas dos museus por onde passaram. A semelhança com os originais é resultado do trabalho da equipe profissional: após fotografar as obras, cada especialista foi responsável pela execução de um detalhe específico, como molduras, arranhões, manchas e etiquetas.

Referências brasileiras
Para reproduzir o verso das pinturas "A Estudiante", de Anita Malfatti; "O Abaporu", de Tarsila do Amaral; "São Paulo, 1924", de Tarsila do Amaral, e "Samba", de Di Cavalcanti, o artista trabalhou em parceria com a Pinacoteca do Estado de São Paulo, o MAM do Rio de Janeiro e o Masp.


"VERSO", POR VIK MUNIZ
Quando: de 29 de julho (abertura às 19h) a 11 de setembro de 2010. Terça a sexta, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 17h
Onde: Galeria Fortes Vilaça (r. Fradique Coutinho, 1.500, São Paulo-SP)
Quanto: Grátis
Informações:
0/xx/11/3032-7066, e-mail curatorial@fortesvilaca.com.br e site da Galeria Fortes Vilaça.