Entretenimento

Obras de Portinari inspiradas em viagem a Israel estão em mostra em SP

Candido Portinari/Divulgação
Detalhe de "Druso", um dos desenhos feitos por Portinari depois de seu contato com Israel Imagem: Candido Portinari/Divulgação

Da Redação

16/06/2010 13h01

Considerado um dos ícones das artes visuais brasileiras, Candido Portinari (1903-1962) ganha a partir desta quarta-feira (16) uma mostra com 70 de seus trabalhos no Centro da Cultura Judaica, em São Paulo (SP). São pinturas, desenhos e esboços da "Série Israel", feitos pelo artista após sua viagem ao país, em 1956.

A exposição "Portinari em Israel" tem a curadoria de João Candido Portinari e co-curadoria da professora Maria Luiza Tucci Carneiro e constitui uma retrospectiva do encontro de Portinari com Israel. Em 1956, por ocasião da exposição de suas obras no então recém-criado Estado judeu, o artista foi convidado a fazer uma viagem ao país. Acompanhado de sua esposa, Maria, e de seu filho, João Candido Portinari, o artista passou mais de um mês percorrendo todo o território de Israel, suas cidades e os kibutzim, nome dado às colônias coletivas que estavam sendo criadas naquela época.

Ao todo, foram cerca de 122 obras sobre Israel, que resultaram na edição de um livro especial no ano seguinte ao de seu retorno, em 1957, e no material da mostra.

No térreo do Centro da Cultura Judaica, o visitante tem a oportunidade de ver uma cronologia sobre a vida de Portinari, que relembra sua infância em Brodowski, a mudança para o Rio de Janeiro, seu reconhecimento como um grande artista e a sua morte, intoxicado pelas tintas. Também são apresentadas as conjunturas nacional e internacional na década de 50, com toda a realidade política, histórica e cultural da época.

O primeiro andar, por sua vez, abriga a exposição, com pinturas, esboços e desenhos. Já o segundo andar, por fim, tem uma “biblioteca circulada”, que recebe acervos temporários relacionados ao tema da exposição e disponibiliza para consulta e manuseio cópias de documentos e audição de entrevistas. O espaço reúne ainda livros sobre a vida e a obra do artista e seus contemporâneos do movimento modernista, além de objetos da viagem de Portinari a Israel, como bilhetes, documentos e a carta-convite do governo israelense enviada ao artista.


"PORTINARI EM ISRAEL"
Quando
: de 16 de junho a 6 de setembro de 2010
Onde: Centro da Cultura Judaica - Galeria, 1º e 2º andares (rua Oscar Freire, 2.500 - ao lado do metrô Sumaré, São Paulo-SP; de terça a sábado, das 12h às 21h, e aos domingos e feriados, das 11h às 19h)
Quanto: Grátis
Informações:
0/xx/11/3065-4333 e site do Centro da Cultura Judaica.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo