PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


Alicia Keys homenageia Kobe Bryant no Grammy: "Perdemos um herói"

27/01/2020 13h42

Los Angeles (EUA), 26 jan (EFE).- A 62ª edição dos prêmios Grammy, realizada neste domingo no Staples Center, prestou uma homenagem ao ex-jogador de basquete Kobe Bryant, que morreu neste domingo, aos 41 anos, junto com a filha Gianna, de 13, e os outros ocupantes de um helicóptero que caiu na Califórnia.

A homenagem foi feita em emocionante discurso de Alicia Keys, que pelo segundo ano consecutivo é a mestre de ceremônia da premiação musical.

"Estamos aqui, juntos, na maior noite da música. Mas, para sermos honestos, estamos muito tristes neste momento. Los Angeles, os Estados Unidos e o mundo inteiro perderam um herói hoje", declarou a cantora logo no início da cerimônia.

O Staples Center, palco da premiação, é a casa do Los Angeles Lakers, a única franquia que Kobe Bryant defendeu ao longo dos 20 anos de carreira, uma das trajetórias mais vitoriosas da história do basquete.

Keys afirmou que todos nesta noite estão "de coração partido" e pediu ao público um momento de reflexão e lembrança para o lendário jogador.

"Nunca, nem mesmo em um milhão de anos, teríamos imaginado que começaríamos o espetáculo assim", lamentou-se.

Depois, Alicia Keys cantou "It's So Hard to Say Goodbye to Yesterday" com Boyz II Men em versão a capella.

"Nós te amamos, Kobe", finalizou a cantora. Em seguida, a transmissão da televisão apontou para as camisas 8 e 24 do Lakers, números que foram aposentados pela franquia em homenagem a Kobe Bryant.

Antes, a cantora Lizzo, que realizou a primeira apresentação da noite, também se lembrou do ex-jogador: "Esta noite é para Kobe", afirmou. EFE

dvp/vnm

(foto) (vídeo)

Entretenimento