PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


Grupo de manifestantes impede a abertura do Museu do Louvre

17/01/2020 16h18

Paris, 17 jan (EFE).- Um grupo de manifestantes que protestava contra a reforma da previdência do governo da França, impediu nesta na manhã desta sexta-feira a abertura do Museu do Louvre, em Paris, onde os visitantes aguardavam em grande número do lado de fora a solução do imbróglio.

Uma porta-voz do museu confirmou à Agência Efe que os protestos impediram a abertura das sala ao público no início da manhã de hoje e admitiu não saber se os visitantes conseguiriam acessar o local nesta sexta.

Ela enfatizou que o museu não está em greve e que apenas um pequeno número dos manifestantes são funcionários do local.

Desde o início das greves contra a reforma da previdenciária do presidente Emmanuel Macron, no início do mês passado, o Louvre não precisou fechar um único dia.

Hoje, as greves nas ferrovias e no transporte metropolitano de Paris continuam pelo 44º dia consecutivo, embora com menos vigor do que nas primeiras semanas.

Pelo outro lado, as ações de protesto se intensificaram nos portos, com bloqueios em alguns dos mais importantes do país, como Le Havre, Marselha e Rouen.

Entretenimento