PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


"Chernobyl", "The Crown" e "Unbelievable" lideram indicações ao Globo de Ouro

09/12/2019 12h49

(Atualiza com lista de indicados)

Los Angeles (EUA), 9 dez (EFE).- As séries "Chernobyl", "The Crown" e "Unbelievable" lideram as indicações para a próxima edição do Globo de Ouro, com quatro cada, informou a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, na sigla em inglês) nesta segunda-feira.

Também se destacam, com três indicações cada, "Barry", "Big Little Lies", "Fleabag", "O Método Kominsky", "Fosse/Verdon", "The Morning Show" e "Succession".

Com 17 indicações, a Netflix é a plataforma digital ou canal de televisão com mais candidaturas, superando por pouco a "HBO", com 15. Além disso, a Netflix foi a distribuidora de cinema mais indicada nesta edição, com 17 candidaturas, sobrando em relação às rivais. A Sony Pictures Releasing foi a segunda colocada, com oito.

A estatueta de melhor série dramática será decidida entre "Big Little Lies", "The Crown", "Killing Eve", "The Morning Show" e "Succession". Já o prêmio de melhor série de comédia ou musical ficará entre "Barry", "Fleabag", "O Método Kominsky", "The Marvelous Mrs. Maisel" e "The Politician".

O Globo de Oro de melhor minissérie ou filme para televisão irá para "Chernobyl", "Catch-22", "Fosse/Verdon", "The Loudest Voice" ou "Unbelievable".

Jennifer Aniston ("The Morning Show"), Reese Witherspoon ("The Morning Show"), Olivia Colman ("The Crown"), Jodie Comer ("Killing Eve") e Nicole Kidman ("Big Little Lies") disputarão o prêmio de melhor atriz em série dramática.

A categoria masculina terá a disputa de Brian Cox ("Succession"), Kit Harington ("Game of Thrones"), Rami Malek ("Mr. Robot"), Tobias Menzes ("The Crown") e Billy Porter ("Pose").

Já nas comédias e séries musicais, Christina Applegate ("Dead to Me"), Rachel Brosnahan ("The Marvelous Mrs. Maisel"), Kirsten Dunst ("On Becoming God in Central Florida"), Natasha Lyonne ("Boneca Russa") e Phoebe Waller-Bridge ("Fleabag") foram indicadas na categoria de melhor atriz.

Michael Douglas ("O Método Kominsky"), Bill Hader ("Barry"), Ben Platt ("The Politician"), Paul Rudd ("Living with Yourself") e Ramy Youssef ("Ramy") estão na briga pela estatueta de melhor ator.

A 77ª edição do Globo de Ouro será realizada no dia 5 de janeiro, no hotel Beverly Hilton, em Los Angeles, e terá Ricky Gervais como mestre de cerimônias.

Confira a lista de indicados nas categorias de televisão:

Melhor série dramática.

- "Big Little Lies".

- "The Crown".

- "Killing Eve".

- "The Morning Show".

- "Succession".

Melhor série de comédia ou musical.

- "O Método Kominsky".

- "Barry".

- "Fleabag".

- "The Marvelous Mrs. Maisel".

- "The Politician".

Melhor minissérie ou filme para televisão.

- "Chernobyl".

- "Catch-22".

- "Fosse/Verdon".

- "The Loudest Voice".

- "Unbelievable".

Melhor atriz de série dramática.

- Jennifer Aniston ("The Morning Show").

- Reese Witherspoon ("The Morning Show").

- Olivia Colman ("The Crown").

- Nicole Kidman ("Big Little Lies").

- Jodie Comer ("Killing Eve").

Melhor ator de série dramática.

- Brian Cox ("Succession").

- Kit Harington ("Game of Thrones").

- Rami Malek ("Mr. Robot").

- Tobias Menzies ("The Crown").

- Billy Porter ("Pose").

Melhor atriz de serie de comédia ou musical.

- Rachel Brosnahan ("The Marvelous Mrs. Maisel").

- Christina Applegate ("Dead to Me").

- Kirsten Dunst ("On Becoming God in Central Florida").

- Nathasha Lyonne ("Boneca Russa").

- Phoebe Waller-Bridge ("Fleabag").

Melhor ator de série de comédia ou musical.

- Michael Douglas ("O Método Kominsky").

- Bill Hader ("Barry").

- Ben Platt ("The Politician").

- Paul Rudd ("Living with Yourself").

- Ramy Youssef ("Ramy").

Melhor atriz de minissérie ou filme para televisão.

- Kaitlyn Dever ("Unbelievable").

- Joey King ("The Act").

- Helen Mirren ("Catherine the Great").

- Merritt Wever ("Unbelievable").

- Michelle Williams ("Fosse/Verdon").

Melhor ator de minissérie ou filme para televisão.

- Christopher Abbott ("Catch-22").

- Sacha Baron Cohen ("The Spy").

- Russell Crowe ("The Loudest Voice").

- Jared Harris ("Chernobyl").

- Sam Rockwell ("Fosse/Verdon").

Melhor atriz coadjuvante.

- Patricia Arquette ("The Act").

- Helena Bonham Carter ("The Crown).

- Toni Collette ("Unbelievable").

- Meryl Streep ("Big Little Lies").

- Emily Watson ("Chernobyl").

Melhor ator coadjuvante.

- Alan Arkin ("O Método Kominsky").

- Kieran Culkin ("Succession").

- Andrew Scott ("Fleabag").

- Stellan Skarsgard ("Chernobyl").

- Henry Winkler ("Barry"). EFE

Entretenimento