PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


Live-action de "Mulan" ganha trailer, mas sem o dragão Mushu

05/12/2019 15h09

Los Angeles (EUA), 5 dez (EFE).- Disney lançou nesta quinta-feira o primeiro trailer da versão live-action de "Mulan", no qual, segundo as primeiras imagens, não aparece um dos principais personagens da animação original: o dragão Mushu.

A mulher que assume o lugar do pai doente e se faz passar por homem para combater na guerra voltará aos cinemas interpretada pela atriz Liu Yifei.

No trailer é possível ver a trajetória da protagonista, cansada de viver como mulher na China imperial, até ver a oportunidade de se alistar e demonstrar a força de seus ancestrais e o valor de sua família.

"Lealdade. Bravura. Verdade. Vou trazer honra para todos nós", escreveu o perfil da Disney no Twitter ao divulgar o trailer do longa-metragem dirigido por Niki Caro, que tem estreia prevista para 26 de março de 2020 no Brasil.

Sem cortar o cabelo, como fez na versão animada, Mulan se submete a um regime no qual aprende a usar armas, cavalgar e usar uma armadura sem revelar a própria identidade.

A princesa asiática também deverá combater uma misteriosa bruxa que tem a capacidade de se transformar em animais, a nova vilã do remake.

A história de amor com um dos comandantes do Exército é deixada de fora, pelo menos no trailer, com o objetivo de dar mais visibilidade ao empoderamento da protagonista.

Além disso, milhares de fãs notaram outra grande ausência: a de Mushu, o dragão brincalhão que acompanhou Mulan em suas aventuras no filme original de 1998 e na sequência "Mulan 2: A Lenda Continua", de 2004. O irreverente personagem vermelho também não apareceu nos cartazes oficiais que foram revelados pelo estúdio.

O que se vê é um pássaro misterioso, também de cor avermelhada, que parece simbolizar os antepassados da guerreira, enquanto seu pai os invoca para sua proteção.

Para a volta de "Mulan", a Disney recorreu a vários nomes conhecidos para formar o elenco, com destaque para Jet Li, Jason Scott Lee e Jimmy Wong. EFE

Entretenimento