Topo

Entretenimento


Orquestra da Filadélfia retira convite para apresentação de Plácido Domingo

13/08/2019 15h30

Los Angeles (EUA.), 13 ago (EFE).- A Orquestra da Filadélfia anunciou nesta terça-feira ter retirado o convite para que o tenor espanhol Plácido Domingo se apresentasse na abertura da temporada de concertos da instituição, em 18 de setembro.

A decisão é uma reação ao surgimento de acusações de assédio sexual feitas por nove mulheres, em informações veiculadas pela agência de notícias Associated Press (AP).

"Estamos comprometidos a proporcionar um ambiente seguro, solidário, respeitoso e apropriado para a Orquestra, os funcionários, os artistas, compositores e colaboradores, além do nosso público", diz comunicado

No concerto de abertura da temporada, Plácido Domingo se apresentaria com a soprano Adela Zaharia, sob a direção de Yannick Nézet-Séguin.

Nove mulheres relataram em reportagem da AP, que o tenor, na década de 80, as assediou sexualmente. O espanhol respondeu que sempre entendeu que as interações e relações que manteve com mulheres eram "bem-vindas e consensuais".

Domingo disse ainda que as alegações, feitas sob anonimato são profundamente preocupantes e inexatas.

"Reconheço que as normas e o padrão atuais são muito diferentes do que eram no passado. Sou um sortudo e privilegiado por ter uma carreira de mais de 50 anos na ópera. Manterei os mais altos padrões", afirmou o tenor, diretor da Ópera de Los Angeles. EFE

Mais Entretenimento