PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Emblemática construção de Madri, Palácio de Cibeles completa 100 anos

14/03/2019 11h09

Madri, 14 mar (EFE).- Há exatamente 100 anos, o rei Alfonso XIII da Espanha inaugurou o imponente Palácio de Cibeles, um edifício pensado para abrigar o serviço nacional de correio e que hoje, adaptado para ser sede da Prefeitura de Madri, é um elemento imprescindível na paisagem da capital do país.

A construção é uma das célebres obras de Antonio Palacios, o arquiteto madrilenho que com apenas 30 anos ganhou, junto com Joaquín Otamendi, o concurso nacional convocado para a construção de um novo prédio para o correio e telecomunicações.

As origens do Palácio das Comunicações se remontam a 1904, quase 60 anos depois da saída do correio da famosa Praça Puerta del Sol, que ainda continuava na busca de uma sede permanente e exclusiva. O edifício fez parte do processo de regeneração da cultura espanhola que seguiu à Guerra Hispano-Americana, em 1898, também conhecida como Desastre do 98.

A instabilidade política e as dificuldades para conseguir financiamento fizeram com que o Palácio demorasse 15 anos para ser concluído. De acordo com o vice-presidente da Associação Madri Cidadania e Patrimônio, Álvaro Bonet, isso fez com que ele ficasse "um pouco fora de moda" na inauguração e a decoração "não se chegou a ser concluída". Apesar disso, Palacios e Otamendi conseguiram combinar elementos heráldicos e folclóricos, com outros clássicos e românticos.

O Palácio seguiu firme ao longo dos anos, saiu quase que ileso da Guerra Civil Espanhola (1936 - 1939) e em 2003 ganhou outra função: abrigar a sede da Prefeitura de Madri. Só as obras de reabilitação custaram mais de US$ 125 milhões e a transformação terminou em 2011, quando o espaço passou a ser aberto ao público e a parte central ganhou o nome de 'CentroCentro'. EFE

Entretenimento