PUBLICIDADE
Topo

King Kong recebe homenagem em Nova York no 86º aniversário do filme original

06/03/2019 22h15

Nova York, 6 mar (EFE).- Os atores do musical da Broadway "King Kong" homenagearam nesta quarta-feira em Nova York o icônico gorila por ocasião do 86º aniversário do filme original ao declarar uma área em frente ao teatro como "a praça King Kong".

O cruzamento entre a rua 53 e a Broadway, onde fica o homônimo Teatro Broadway, foi renomeado assim de forma temporária em um ato simbólico em homenagem ao enorme animal, do qual ninguém esquece escalando o mítico Empire State com a atriz Fay Wray, a protagonista do filme de 1933, nas suas mãos.

Nessa época, o Empire State, que apareceu em pelo menos 200 filmes, era o edifício mais alto da cidade, embora nos últimos anos tenha sido superado por outros prédios.

King Kong é a estrela desta peça da Broadway, um gorila de seis metros e 908 quilos que ganha vida através da combinação da robótica, das marionetes e da arte teatral.

O animal "participou" previamente a um ato no teatro junto à diretora interina do Escritório de Mídia e Entretenimento da Câmara Municipal, Anne del Castillo.

Castillo reconheceu em seu discurso a contribuição de King Kong à cultura de Nova York, em um evento que também contou com os protagonistas do musical escrito por Jack Thorne ("Harry Potter e a Criança Amaldiçoada") e dirigido e coreografado por Drew McOnie.

O musical, que entrou em cena no último dia 8 de novembro, é uma versão moderna da clássica história sobre "a bela e a fera".

A peça acompanha uma jovem e ambiciosa atriz e um aventureiro cineasta em sua viagem das buliçosas ruas de Nova York dos anos 30 a uma ilha desconhecida, para capturar a maior maravilha que o mundo já presenciou.

O filme original deste famoso símio, dirigido em 1933 por Merian C. Cooper e Ernest B. Schoedsack, é recordado na história do cinema pelo seu precursor uso dos efeitos especiais, com técnicas como o stop-motion e o uso de figuras robóticas que imitavam os movimentos do animal. EFE