PUBLICIDADE
Topo

Alfonso Cuarón ganha Oscar de melhor diretor por "Roma"

25/02/2019 01h46

Los Angeles (EUA), 24 fev (EFE).- O cineasta mexicano Alfonso Cuarón ganhou neste domingo o Oscar de melhor diretor por "Roma", sua segunda estatueta ao longo de sua carreira nesta categoria, após a que levou por "Gravidade" em 2014.

Cuarón venceu Pawel Pawlikowski ("Guerra Fria"); Yorgos Lanthimos ("A Favorita"); Spike Lee ("Infiltrado na Klan") e Adam McKay ("Vice").

"Muito obrigado a Libo (sua babá quando era pequeno), muito obrigado à minha família, muito obrigado ao México", disse em espanhol.

Também agradeceu muito especialmente o trabalho das atrizes Yalitza Aparicio e Marina de Tavira, que "são verdadeiramente o filme".

E além disso, o diretor reconheceu a Academia de Hollywood por premiar um filme sobre uma mulher indígena e trabalhadora doméstica sem direitos trabalhistas, um tipo de pessoa que, segundo o cineasta, foi "relegada" historicamente no cinema.

Por isso, Cuarón pediu que os filmes olhem para onde outros não o fazem, especialmente nestes tempos.

O prêmio para "Roma" é a quinta estatueta de melhor direção para o México nos últimos seis anos graças ao trabalho do grupo formado por Alfonso Cuarón, Alejandro González Iñárritu e Guillermo del Toro.

Antes do Oscar deste domingo, Cuarón tinha ganhado os prêmios de melhor direção por "Roma" no Globo de Ouro, no Bafta e nos prêmios do Sindicato de Diretores (DGA).

A 91ª edição do Oscar foi realizada no Teatro Dolby de Los Angeles, em uma festa sem apresentador pela primeira vez em 30 anos. EFE