PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

"Roma" também desponta como favorito para indicações ao Prêmio Platino

18/02/2019 19h17

Cidade do México, 18 fev (EFE).- "Roma", do cineasta mexicano Alfonso Cuarón, se transformou nesta segunda-feira no grande favorito do Prêmio Platino de cinema ibero-americano ao chegar à cerimônia como finalista em oito das 17 categorias.

O filme, indicado a 10 prêmios no Oscar, cuja cerimônia acontecerá no próximo domingo, foi pré-selecionado aos Platinos de melhor filme, direção, roteiro, montagem, direção de arte, som e fotografia.

Além disso, na categoria de melhor interpretação feminina foram pré-selecionadas Yalitza Aparicio e Marina de Tavira, ambas pelas suas interpretações em "Roma".

Em um evento na Cineteca Nacional da Cidade do México foram divulgados os 20 pré-selecionados que seguem na disputa para serem indicados a cada uma das 17 categorias da sexta edição do Prêmio Platino.

No próximo mês de março será divulgada a lista definitiva de quatro indicações para cada uma das categorias que concorrerão na cerimônia de entrega marcada para o dia 12 de maio na Riviera Maya, também no México.

Além de "Roma", são candidatas à indicação como melhor filme ibero-americano de ficção "Campeones" (Espanha), "El Reino" (Espanha), "Museo" (México), "Pájaros de verano" (Colômbia), "La noche de 12 años" (Uruguai), "A son of man" (Equador), "Averno" (Bolívia), "Benzinho" (Brasil), "Cocote" (República Dominicana) e "Dry Martina" (Chile).

Também concorrem "El Ángel" (Argentina), "La familia" (Venezuela), "Las herederas" (Paraguai), "O grande circo místico" (Brasil), "Pedro e Inès" (Portugal), "Rojo" (Argentina), "Sergio Serguéi" (Espanha), "Tarde para morir joven" (Chile) e "Wiñaypacha" (Peru).

Entre os que seguem na disputa de melhor direção estão Cuarón ("Roma)", Álvaro Brechner ("La noche de 12 años"), Arantxa Echevarría ("Carmen y Lola"), Javier Fresser ("Campeones") e Rodrigo Sorogoyen ("El Reino"), entre outros.

Por sua parte, Javier Bardem ("Todos lo saben"), Antonio de la Torre ("El Reino"), Alfonso Tort ("La noche de 12 años"), Javier Gutiérrez ("Campeones"), José Coronado ("Tu hijo") e Jose Acosta ("Pájaros de verano") são alguns dos candidatos a melhor ator.

Além de Aparicio e Tavira, ainda concorrem para serem indicadas como melhor atriz Ana Brun e Ana Ivanova ("Las herederas"), Carmiña Martínez ("Pájaros de verano"), Karina Gidi ("Los adioses") e Antonella Costa ("Dry Martina"), entre outras.

Já nas categorias televisivas, "El Chapo" (México), "Élite" (Espanha), "La casa de las flores" (México), "Luis Miguel. La Serie" (México), "Fariña" (Espanha) e "Narcos: México" (México) estão entre os candidatos a melhor série.

Verónica Castro e Cecilia Suárez ("La casa de las flores") se destacam entres a candidatas a melhor atriz de série televisiva, enquanto Diego Luna ("Narcos: México"), Diego Boneta e Óscar Jaenada ("Luis Miguel. La Serie") seguem na disputa de melhor ator de série.

Na cerimônia de hoje, Enrique Cerezo, produtor cinematográfico e criador do Prêmio Platino, pediu à indústria ibero-americana de cinema que explore seu enorme "potencial" com base em um "idioma comum e laços culturais comuns únicos no mundo".

Os prêmios mais importantes do cinema ibero-americano serão entregues pelo segundo ano no Teatro Gran Tlachco do Parque Xcaret, situado nos arredores da cidade turística de Playa del Carmen, na Riviera Maya do Caribe mexicano.

Será a primeira vez que o Platino repete sua localização após ter passado pelo Panamá em 2014, por Marbella (Espanha) em 2015, Punta del Este (Uruguai) em 2016, e Madri em 2017.

Estes prêmios, promovidos pela Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais (Egeda) da Espanha, junto com a Federação Ibero-Americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (Fipca), buscam promover o cinema ibero-americano.

Esta entrega de prêmios nasceu da necessidade observada por cineastas que se reuniam em festivais do mundo de criar um que aglutinasse produções procedentes exclusivamente de países ibero-americanos.

O Platino tem ganhado cada vez mais espaço dentro do mundo dos prêmios da sétima arte, reconhecendo o melhor do cinema ibero-americano em uma festa que em 2018 foi divulgada em mais de 150 países e se transformou na mais comentada no Twitter em nível mundial. EFE

Entretenimento