PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Casey Affleck apresenta filme na Berlinale após escândalo de abusos sexuais

08/02/2019 19h58

Berlim, 8 fev (EFE).- O ator e diretor americano Casey Affley se viu marcado nesta sexta-feira por seu escândalo de abusos sexuais em sua aparição no Festival de Berlim, onde apresentou o filme "Light of my Life", onde interpreta o papel de um pai determinado a salvar sua filha em meio ao colapso global.

"Escrevi o roteiro muito antes do surgimento dessa questão", afirmou Affleck aos jornalistas após ser questionado se tinha tentado se reabilitar com o papel que interpreta nesse filme, exibido fora de concurso na seção Panorama.

"Não sou um especialista em feminismo. Não acredito que meu filme tenha uma mensagem política", acrescentou, em outro momento de sua entrevista quando foi perguntado sobre a repartição de papéis entre o personagem que ele interpreta e o da sua filha, que adquire um crescente protagonismo narrativo no roteiro.

"Rag, a minha filha, acabará transformando o relato, será a dona dele. Ganha protagonismo absoluto. Sim, talvez isso seja ser feminista. Mas não sou o mais adequado para decidir isso", completou.

Anna Pniowsky, no papel dessa filha, também acabou tirando os holofotes de seu pai na ficção na apresentação do filme na Berlinale, onde a questão dos supostos abusos sexuais teve um papel quase marginal, apesar de inevitavelmente Affleck ter sido confrontado com o tema.

O ator e diretor, ganhador de um Oscar em 2016 por "Manchester à Beira-Mar", foi acusado de abuso sexual por Amanda White e Magdalena Gorka, produtora e diretora de fotografia do documentário "I'm still here", questão que foi encerrada com um pacto entre as denunciantes e a defesa do ator. EFE

Entretenimento