PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Academia de Hollywood divulgará amanhã os indicados ao Oscar

21/01/2019 15h39

Los Angeles (EUA), 21 jan (EFE).- A Academia de Cinema de Hollywood informará amanhã, terça-feira, os indicados para a 91ª edição do Oscar, na qual produções como "Roma", "A Favorita", "Nasce Uma Estrela", "Green Book: O Guia" e "Vice" partem com mais chances de obter várias indicações.

O anúncio, que contará com os atores Kumail Nanjiani e Tracee Ellis Ross como apresentadores, será realizado a partir das 17h20 (horário local, 23h20 de Brasília) através da internet.

Os cerca de 9.000 membros da Academia tiveram desde o dia 7 de janeiro (um dia depois do Globo de Ouro, nos quais "Green Book" foi a obra mais indicada) até 14 de janeiro (após a cerimônia do Critic's Choice, na qual "Roma" foi o grande vencedor) para emitir seus votos.

Na categoria principal, os especialistas garantem que não faltarão títulos como "Infiltrado na Klan", "Pantera Negra", "A Favorita", "O Primeiro Homem", "Green Book, "Roma", "Nasce Uma Estrela" e "Vice", embora nessa lista possa haver espaço para surpresas como "Poderia Me Perdoar?", "Bohemian Rhapsody", "Se a Rua Beale Falasse" e "Podres de Ricos".

Para o prêmio de melhor diretor, tudo indica que o mexicano Alfonso Cuarón voltará a marcar presença pela segunda vez após conseguir a estatueta com "Gravidade".

Cuarón deve ter a companhia nessa categoria de nomes como Bradley Cooper ("Nasce Uma Estrela"), Yorgos Lanthimos ("A Favorita"), Spike Lee ("Infiltrado na Klan"), Adam McKay ("Vice") e Peter Farrelly ("Green Book").

O mexicano também chega forte na disputa pelo Oscar de melhor roteiro, melhor fotografia e melhor montagem com "Roma", o rival a ser batido na categoria de melhor filme estrangeiro e que também pode levar vários prêmios técnicos, especialmente os de som.

Já a batalha pelo prêmio de melhor atriz será uma das mais encarniçadas em anos e certamente verá o duelo entre Glenn Close ("A Esposa"), Lady Gaga ("Nasce Uma Estrela") e Olivia Colman ("A Favorita").

Esse confronto poderia contar também com a presença da mexicana Yalitza Aparicio ("Roma") e de Melissa McCarthy, que conseguiu as melhores críticas da sua carreira com "Poderia Me Perdoar?".

No terreno de melhor ator, Christian Bale ("Vice"), Bradley Cooper ("Nasce Uma Estrela"), Rami Malek ("Bohemian Rhapsody") e Viggo Mortensen ("Green Book") parecem apostas seguras. Outros nomes ventilados são os de Ethan Hawke ("No Coração da Escuridão") e Willem Dafoe ("No Portal da Eternidade").

Entre as coadjuvantes, Amy Adams ("Vice"), Claire Foy ("O Primeiro Hoem"), Regina King ("Se a Rua Beale Falasse") e o casal formada por Emma Stone e Rachel Weisz ("A Favorita") são dados como nomes certos, enquanto entre os homens a disputa deve ficar entre Mahershala Ali ("Green Book"), Timothée Chalamet ("Querido Menino") e Richard E. Grant ("Poderia Me Perdoar?").

Longe da disputa do Oscar desde 2016, o Brasil segue entre os pré-indicados apenas na categoria de melhor filme de animação com "Tito e os Pássaros"

O filme disputará uma vaga com pesos-pesados como "Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas", "Ilha dos Cachorros", "Os Incríveis 2", "WiFi Ralph" e "Homem-Aranha no Aranhaverso".

A cerimônia do Oscar acontecerá no dia 24 de fevereiro no Teatro Dolby de Hollywood. EFE

Entretenimento