PUBLICIDADE
Topo

Rihanna processa o pai por usar seu nome para fazer negócios

Rihanna e o pai, Ronald - Reprodução/Instagram
Rihanna e o pai, Ronald Imagem: Reprodução/Instagram

Los Angeles (EUA)

15/01/2019 20h11

A cantora Rihanna denunciou o próprio pai por se aproveitar, supostamente sem permissão, do seu nome e de algumas de suas marcas registradas para tentar fazer negócios, informaram nesta terça-feira (15) os portais de notícias TMZ e The Blast.

No processo apresentado em uma corte federal da Califórnia, Rihanna afirma que o pai, Ronald Fenty, criou uma empresa chamada Fenty Entertainment com a qual se faz passar por intermediário dela para tentar ganhar dinheiro. De acordo com o relato da cantora, a Fenty Entertainment teria negociado um acordo, que ela desconhecia, para uma turnê de 15 shows na América Latina por US$ 15 milhões.

Rihanna ressaltou que não tem nada a ver com os assuntos do pai, definidos por ela como fraudulentos, e que ele não está autorizado a se apresentar publicamente como seu representante.

Parte da confusão supostamente provocada pelo pai e pela Fenty Entertainment tem a ver com o fato de Rihanna usar o sobremome Fenty para comercializar a sua marca de cosméticos, a Fenty Beauty, e coleções no mundo da moda, como a Fenty Puma.

Há anos, Rihanna tem uma relação muito conturbada com o pai, a quem ela acusou, por exemplo, de abusar da mãe no passado.