PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Possível obra de Banksy surge nas paredes de garagem de cidade de Gales

19/12/2018 10h52

Londres, 19 dez (EFE).- A cidade galesa de Port Talbot amanheceu nesta quarta-feira com um novo grafite em uma garagem do distrito de Taibach, uma obra que alguns críticos afirmam pertencer ao artista britânico Banksy.

Um vereador da cidade, Nigel Thomas Hunt, declarou aos veículos de imprensa que está "convencido de que trata-se de uma obra de Banksy", por isso que "necessita ser protegida o mais rápido possível por parte das autoridades".

A pessoa que encontrou a pintura é Ian Lewis, um morador que construiu a garagem nos anos 90 e, segundo explicou, vigiou a zona durante a noite porque "temia que a obra pudesse ser alvo de vandalismo".

O grafite ocupa duas paredes da garagem de Lewis. Em uma delas, há uma criança brincando com o que parece ser neve e, na outra, é possível ver que os flocos de neve com os quais se diverte são na verdade cinzas e fumaça procedentes do incêndio de um contêiner de lixo.

Em julho, o pó negro procedente das fábricas de aço da cidade cobriu casas, automóveis e animais de estimação, um fato que poderia ter servido de inspiração para o artista.

Moradora da área de The Mumbles, no litoral sul de Gales, Rachel Honey-Jones comentou que "a forma na qual a criança está desenhada e sua localização perto das fábricas de aço transformam a obra em mensagem político".

A especulação sobre este grafite foi alimentada ainda mais depois de relacioná-lo com um esboço do artista britânico, que apareceu em um documentário no ano passado, no qual participaram o diretor Danny Boyle e o próprio Banksy.

O artista anônimo, que acredita-se que vive em Bristol, geralmente publica os novos trabalhos em seu site ou nas redes sociais, mas a peça de Port Talbot ainda não foi divulgada. EFE

Entretenimento